X

Zverev vence 53ª do ano na estreia em Paris. Dimitrov também ganha

Quarta, 31 de outubro 2018 às 12:56:41 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Quinto do mundo, o alemão Alexander Zverev abriu muito bem a sua campanha no último Masters do ano, o Masters 1000 de Paris, evento com premiação de 5,4 milhões de euros. Sascha igualou Del Potro em recorde de triunfos em 2018.



Cabeça de chave número quatro no torneio em quadras duras e cobertas, Zverev venceu o norte-americano de 20 anos de idade e 44° do ranking, Frances Tiafoe, por um duplo 6/4. A partida contou com quatro saques indefensáveis para cada lado e cinco duplas-falta de Alexander contra quatro de Tiafoe. Zverev quebrou o serviço do jovem americano em quatro oportunidades e foi quebrado apenas em duas.

Nas oitavas de final, ele enfrentará o argentino  Diego Schwartzman, 19° do mundo e 11° cabeça do torneio, ou o qualifier espanhol Feliciano Lopez (71°).

Junto com o também argentino Juan Martín del Potro, que está fora do circuito por lesão no joelho direito, o jovem alemão é o que mais venceu partidas na atual temporada. Ambos estão com 53 vitórias.

Dimitrov ganha jogo duro e garante jogão

Sem fazer uma campanha expressiva no circuito desde a semifinal do Masters 1000 de Monte Carlo, o búlgaro Grigor Dimitrov, 10° do ranking e 9° cabeça, não teve sorte no sorteio da chave, mas passou pela estreia.

Enfrentando o espanhol Roberto Bautista Agut (25° do ranking), ele triunfou com 7/6(10) e 6/4. Atual campeão do ATP Finals mas sem chances de classificação neste ano para Londres, Grigor terá, nas oitavas, um jogo que promete ser muito bom contra o croata Marin Cilic, quinto favorito do torneio.

banner
banner