X

Rogerinho explica porque não defenderá Brasil contra Japão na Davis

Sexta, 01 de setembro 2017 às 16:21:39 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

O número um do Brasil e 68º do mundo, o paulistano Rogerio Dutra Silva, o Rogerinho, contou através de sua equipe de comunicação, que precisou ir atrás do capitão brasileiro na Copa Davis, João Zwetsch, para saber se seria convocado.



Leia mais:

Lesão tira Bellucci dos Playoffs da Copa Davis contra Japão

 

"A Copa Davis é muito importante pra mim, já servi e ajudei bastante o time brasileiro em momentos delicados. Por ser o número 1 do país e viver um de meus melhores momentos acreditava que seria consultado para ir ao confronto, mas eu tive que ir atrás do capitão para saber e recebi a negativa por conta da questão do piso rápido", disse Rogerinho, que conversou com o capitão brasileiro no dia em que a primeira convocação estava entregue à Federação Internacional de Tênis (ITF) e continha para jogadores de simples os números dois e três do país, Thomaz Bellucci e Thiago Monteiro.

Após ser preterido, Rogerinho foi buscado as pressas pela equipe brasileira para substituis Bellucci, que tem uma lesão e estará impossibilitado de participar a disputa pelos playoffs do grupo Mundial da Davis em 2018 contra o Japão, que jogará em casa.

 "Depois dessa negativa preparei todo o meu calendário até o fim da temporada com altos custos tanto na parte financeira - não tenho um patrocinador Master - e também na parte física pois jogar uma Copa Davis exige muito do corpo e infelizmente atender esse pedido de última hora comprometeria todo o meu calendário do restante do ano e meu desempenho", explicou-se.

"Infelizmente não poderei ser o reserva desta vez, mas vou torcer pelos meninos para buscar essa vaga", finalizou.

banner
banner