X

ATP proíbe uso de relógios inteligentes fabricado por ex-tenista

Terça, 29 de dezembro 2015 às 19:44:17 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

A Associação dos Tenistas Profissionais, a ATP, proibiu a utilização do novo relógio inteligente Pulse Play em seus torneios e nas competições do Grand Slam, Jogos Olímpicos e da Copa Davis, organizados pela ITF.



O relógio vai ao mercado a partir de janeiro em fabricação idealizada pelo ex-tenista israelense Andy Ram, que nasceu no Uruguai e foi campeão de duplas do Australian Open de 2008 com o compatriota Jonathan Erlich.

A marca é proibida pois o relógio pode consultar resultados de partidas, comunicar-se com outros jogadores por uma rede social privada e também tem comunicação com smartphones com Iphone e Android. O relógio custará pouco mais de R$ 200 e a fábrica foi montada por programa de Crowfunding que arrecadou R$ 700 mil.

"Como relógios inteligentes têm capacidade de enviar  e receber mensagens de texto ou emails, passarão a estar cobertos sob a política de dispositivo eletrônico e não serão permitidos nos jogos", disse a ATP.

O ex-tenista porém ficou feliz com a inovação: "Estou muito contente com nossa campanha, chegamos em milhares de jogadores, jornalistas, ligas e clubes. Pulse Play é uma realidade e vamos mudar o mundo dos esportes de raquete". 

banner
banner