X

Djokovic afirma que pressão elevada prejudicou irmãos

Sexta, 09 de outubro 2015 às 15:51:31 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

O irmão mais velho, Marko Djokovic, que esteve no Brasil,  jogando challengers em 2012, pendurou a raquete no ano passado sem conseguir passar do top 500 e agora o mais novo, Djordje tenta a vida no tênis ainda sofrendo nos eventos futures e de médio porte.



Novak Djokovic, número 1 do mundo, admitiu que a pressão acima do normal afetou e vem afetando seus irmãos que estão com ele está semana em Pequim, na China, jogando ou aproveitando: "Meu irmão mais velho parou de jogar tênis, o mais novo está considerando se continua ou não. Estou orgulhoso de termos jogado antes dele tomar essa decisão", apontou Nole que fez quartas de duplas com Djordje na China esta semana.

"Tentei sempre ser parte disso, claro que o tanto de sucesso que tive , adicionou pressão extra neles e expectativas, foi muito difícil pra eles lidarem com as expectativas".

Alguns exemplos de irmãos deram certo no circuito. Atualmente as irmãs Williams ocuparam o topo no ranking com Serena somando 21 Grand Slams e Venus sete conquistas, os irmãos Bob e Mike Bryan, maiores campeões da história e os irmãos Jamie e Andy Murray com Andy com dois Slams de simples e o irmão somando este ano suas duas primeiras finais de duplas masculino e com título de mistas no circuito. 
"Se olharmos a história de todos os atletas com sucesso e seus parentes, todos são mais novos, não há muitos que conseguem seguir o sucesso e ao menos alcance algo perto disso. É difícil pra eles encontrarem esses desafios mentais. Por outro lado eles precisam ultrapassar muito mais coisa que outras gerações tiveram que passar, então tento participar em suas carreiras , mas me dou conta que se ficar sempre falando de tênis, dando conselhos, isso vai minar o relacionamento privado e o de irmão, que é o que queremos ter. Quero ser capaz de falar livremente com eles, não só sobre tênis. Nos damos bem".

banner
banner