X

Swiatek orgulhosa após quinto título seguido

Domingo, 15 de maio 2022 às 17:04:49 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Iga Swiatek, número 1 do mundo, segue incrédula com sua sequência de vitórias e agora cinco conquistas após o título do WTA 1000 de Roma, na Itália. Ela tem 28 vitórias seguidas e não perde desde fevereiro.



"Estou muito orgulhosa de mim mesmo. Para ser sincera, no início do torneio eu não sabia as chances que tinha de conseguir manter a sequência de vitórias e também não sabia se conseguiria vencer aqui. Estou muito feliz pelo que consegui e por ter focado no objetivo ao longo da semana”, disse a tenista após bater Ons Jabeur por um duplo 6/2.

“A verdade é que é algo incrível, joguei muito bem durante todo esse tempo, principalmente nos dois últimos jogos. Eu me encontrei muito confortável na quadra e muito segura de mim. Senti que estava jogando meu melhor tênis e acho que isso me ajudou a vencer."

“É uma sensação indescritível. Eu sabia que seria muito difícil repetir o título aqui, mas acho que a chave de tudo o que estou conquistando é que, apesar de vencer, não estou mudando nada. As condições têm sido um pouco difíceis e estou orgulhosa por ter conseguido me adaptar a elas”.

Iga confessou que tinha muito nervosismo e tensão para a decisão e por isso comemorou muito o caneco: “Eu tinha muita raiva acumulada. Embora do lado de fora pareça que os jogos são fáceis, há muita pressão e muita preparação por trás de tudo. A celebração de hoje foi uma das mais emocionantes para mim, porque consegui me livrar de todos os nervos e tensões que acumulei”.

A tenista vai como principal favorita para Roland Garros que venceu em 2020 e comenta sobre: "Honestamente, vou continuar fazendo o mesmo de antes. Obviamente será muito difícil vencer novamente em Paris, mas agora não quero focar nisso. Quero ir passo a passo e fazer as coisas bem e no devido tempo.”

Sobre o jogo contra Jabeur, ela disse: "Foi um jogo muito bom. Com 4/2 e 0/40 no segundo set, eu estava um pouco apressada, pois comecei a fazer jogadas muito ruins e estava me espalhando pela quadra. Ela se saiu muito bem porque tentou tirar vantagem da minha situação nervosa na quadra. Felizmente consegui virar o placar naquele jogo e acho que foi um momento chave da partida”.

banner
banner