X

Shapovalov fala em privilégios e dispara contra Nadal e Bernardes

Terça, 25 de janeiro 2022 às 07:28:46 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Denis Shapovalov não mediu palavras para criticar Rafael Nadal e o árbitro brasileiro Carlos Bernardes após a partida em que o espanhol saiu vencedor, nas quartas de final do Australian Open.



Leia mais:

Nadal confirma problemas estomacais e vibra com vitória incrível

Se durante a partida já havia demonstrado insatisfação quanto ao fato de o juiz de cadeira não punir Nadal pelo que considerou demora entre os pontos, o número 14 do mundo repetiu as críticas em sua entrevista após o jogo.

"É injusto o que ele faz. O relógio já estava zerado, eu estava pronto para jogar e ninguém o pune por isso. É frustrante perceber que estava jogando não só contra um tenista, mas também contra o árbitro", disparou.

Para Shapovalov, que durante a partida já havia dito que os árbitros eram "corruptos", o pedido de atendimento feito pelo espanhol e sua ida ao vestiário para receber tratamento entre o quarto e o quinto sets também foi desnecessário.

"Não creio que ele tinha nada sério. Eu também jogo com dor, não estou 100%, mas fico na minha. Ele é uma lenda do esporte, já é suficientemente difícil ganhar dele. Ainda mais, quando recebe privilégios", reclamou.

Em jogo eletrizante, de cinco sets, Nadal despachou Shapovalov e avançou para a semifinal do Australian Open. Ele espera Matteo Berrettini ou Gael Monfils.

banner
banner