X

Atletas do Tênis na Lagoa buscam apoio para disputarem torneios em Portugal

Quarta, 10 de novembro 2021 às 08:05:00 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Alunos do Tênis na Lagoa - Instituto Mirania Gomes Borges,  projeto social com 17 anos de existência que atende 160 crianças e adolescentes de todo o Rio de Janeiro, Antonio Vitor e Carlos Henrique, vão disputar torneios em Portugal, o primeiro em Viena de Castelo e mais três a definir. 



Ajude a Vakinha do Meninos da Tênis Na lagoa

Para a disputa dos torneios, os atletas estão na busca de apoio financeiro no total de R$ 22.500 da viagem. Até o momento arrecadaram a metade e buscam, através da vaquinha virtual, o restante. Clique aqui e saiba como ajudar.

 

A série de torneios começa no dia 8 de dezembro. 

Antes, os dois disputam a 7ª etapa do Campeonato Estadual que acontece neste final de semana na Tennis Route, no Rio de Janeiro, valendo pontos no ranking nacional da Confederação Brasileira de Tênis.

Antonio Vitor foi o campeão do torneio Winners do Dia das Crianças promovido pela organização do Rio Open superando Carlos Henrique na final. 

 

Sobre o Projeto Tênis na Lagoa

Fundado em 2004 por Alexandre Borges, professor e apaixonado por tênis desde a infância, o Projeto Tênis na Lagoa - Instituto Mirania Gomes Borges surgiu inicialmente como uma iniciativa particular para atender crianças e adolescentes de comunidades carentes do Rio de Janeiro. Em 2020, o projeto tornou-se Instituto Mirania Gomes Borges em homenagem à mãe de Alexandre.

Com o objetivo de promover o desenvolvimento humano e a inclusão social por meio da prática esportiva, o projeto utiliza as quadras públicas localizadas em frente ao Clube Monte Líbano, na Lagoa Rodrigo de Freitas. Teve início assim a oferta gratuita de aulas de tênis para a população em vulnerabilidade social da região.

Tendo como princípios a construção coletiva, o respeito à diversidade, a educação integral e a autonomia, o Tênis na Lagoa começou atendendo inicialmente cerca de 60 crianças de comunidades próximas.

Hoje, mais de 160 crianças e adolescentes são atendidos pelo projeto não apenas com aulas de tênis, mas acompanhamento psicológico, aulas de inglês e yoga, passeios educativos, entre outras atividades. Aqueles que se destacam têm ainda a oportunidade de integrar a equipe de competição, representando o Tênis na Lagoa em viagens por todo o país e até pelo mundo.

Atualmente, Alexandre conta com a ajuda de sua esposa, Paula Borges, um grupo de voluntários e alguns apoiadores conhecidos, como o ex-tenista Thomaz Koch, padrinho do projeto desde a sua fundação. Mais de 17 anos após o início das atividades, 4.000 crianças já tiveram sua vida impactada pelo Tênis na Lagoa.

O Projeto Tênis na Lagoa atende crianças e adolescentes das comunidades carentes da Rocinha, Vidigal, Cruzada, Cantagalo, Tabajara, Pavão-Pavãozinho, Rio das Pedras, Muzema entre outros na capital carioca.

Muito além de forehands e backhands, o objetivo do projeto é proporcionar a melhoria na qualidade de vida e o desenvolvimento integral de pessoas em vulnerabilidade social por meio da força de transformação do esporte.

 

banner
banner