X

Atletas do Primeiro Serviço disputam 2ª etapa da Copa dos Projetos Sociais

Sexta, 13 de agosto 2021 às 00:23:23 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Trinta e seis atletas do Instituto Primeiro Serviço  vão disputar, entre os dias 20 e 22 de agosto, a segunda etapa da Copa de Tênis Projetos Sociais  , evento entre as ONGs de São Paulo e que oferece pontos no ranking da Federação Paulista de Tênis, a FPT, e a UTR, o Universal Tennis Rating (UTR).



O evento será realizado na Slice Tennis, situada em Santanna do Parnaíba (SP), divididas nas categorias 11, 12, 14, 16, 18 e de 19 a 29 anos.

Na primeira etapa, em julho, o Instituto Primeiro Serviço ficou com seis conquistas e a perspectiva é manter o bom ritmo: "Esse torneio é muito importante para os alunos vivenciarem um evento oficial e pontuarem no UTR e perceberem que tem gente no mesmo barco. Que tem muita gente que é apaixonado pelo tênis e que, como eles, têm dificuldades por estar em uma situação financeira não favorável. Que o tênis não é um esporte só de elite (como muitos pensam). Além disso, depois do torneio, voltamos para o Instituto mais fortalecidos como grupo, comemorando as vitórias de alguns como de todos", disse Fabiana Freitas, diretora do Instituto Primeiro Serviço.

Carlos Omaki, da Carlos Omaki Tênis, coordena os treinamentos dados pela técnica Marina Danzini para dez destes atletas que estarão presentes na disputa, entre eles o Jânio Santos vice-campeão na primeira etapa: “O instituto primeiro serviço é o grande veículo que eu encontrei para ajudar pessoas que merecem e lutam para realizar um sonho que ontem foi meu.
Uma verdadeira oportunidade que muitos, como eu, não tiveram", disse Omaki que coordena treinamentos de cerca de 500 atletas com três equipes na Academia Paulistana de Tênis, Club Athlético Paulistano e Tênis Clube Paulista.  

"Experiências, desafios, oportunidades... Tudo isso foi o que encarei nessa Copa de Projetos Sociais. Conheci pessoas com a mesma vontade de vencer na vida através do tênis, assim como eu. Acompanhei jogos que me inspiraram a continuar jogando torneios. Que venha os próximos", declarou Maria Luiza Marques, de 16 anos, que faz parte do Instituto Primeiro Serviço.

O Instituto Primeiro Serviço tem ainda outros treinadores, os técnicos Renato Messias, que formou Laura Pigossi, e Daniel Hirose.

O torneio deve contar com cerca de 150 atletas de diversos projetos.

Sobre Carlos Omaki

Carlos Omaki é treinador de tênis há 38 anos. Uma das referências do tênis nacional, dono de duas premiações como Melhor Técnico das categorias de base do tênis brasileiro, é proprietário da COT tendo equipes na Academia Paulistana de Tênis, Club Athlético Paulistano e Tênis Clube Paulista e com seu staff de treinadores cuida de cerca de 500 atletas na cidade de São Paulo.

banner
banner