X

Luisa Stefani celebra 1ª final de Premier: 'Estou muito animada'

Sábado, 24 de outubro 2020 às 09:46:24 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

A paulistana Luisa Stefani (Tennis Warehouse) esclareceu a situação a cerca de sua ida à final do WTA de Ostrava, na República Tcheca por W.O, não envolve a COVID-19 e celebrou muito sua primeira ida à final de um torneio nível Premier.



"Hoje acabamos passando para a final de W.O. Uma das meninas não acordou muito bem, a Barbora Kecjikova. Acordou mal, não sei exatamente muito bem o que é, mas não é relacionado a COVID, que isso por algum lado pode ser um alívio, de certa forma pra todos", iniciou ela em áudio enviada por sua assessoria de imprensa.

Infelizmente, porque eu estava bastante animada para esse jogo, esse desafio. Elas são uma ótima parceria. Duas ótimas jogadoras, que vem tendo ótimos resultados em simples e também jogando em alto nível nas duplas. Então, a gente estava bem preparada e animada para esse jogo, pena que não aconteceu", segue a paulistana que esta semana está jogando ao lado da canadense Gabriela Dabrowski.

"Mas por outro passar pra minha primeira final em Premier é bem gratificante. Bem legal! Estou muito animada para amanhã. Hoje foi nosso melhor treino até agora, pelo menos pra mim e a gente já vem treinando há três dias, estávamos ansiosas pra jogar hoje e como passou para amanhã tem que segurar a onda até amanhã", confessou a brasileira.

A respeito das adversárias na final, que sairão do duelo entre a parceria da bielorrussa Aryna Sabalenka e a belga Elise Mertens contra a parceria da belga Kirsten Flipkens e a holandesa Demi Schuurs, Stefani comentou: "Os dois times de amanhã são ótimos, fortes. São quatro jogadoras que tiveram ótimos resultados. Sabalenka e Mertens ainda estão na simples [a bielorrussa na semi, Mertens foi derrotada nas quartas] e estão jogando muito bem, das melhores do mundo. Schuurs e Flipkens são ótimas duplistas", analisou.

"Eu estou bem animada para assistir o jogo hoje a noite e ver quem passar pra manhã e ser nossas vítimas", brincou Luisa Stefani que pontua que "o trabalho ainda não acabou"

banner
banner