X

Kyrgios: 'Pessoas me amam ou me odeiam. Meus jogos são sempre cheios'

Sábado, 17 de outubro 2020 às 10:15:21 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Nick Kyrgios concedeu entrevista à ESPN e comentou que prefere ser honesto e ter pessoas gostando ou o odiando. E ainda salientou que seus jogos estão sempre cheios e que sempre dá audiência ao público de tênis.



"Tudo que digo em cada declaração, faço de maneira mais objetiva possível. Simplesmente digo as coisas como elas são. É uma opinião que tenho sobre certas coisas e sempre terão pessoas a favor e outras que não, mas creio que as pessoas apreciam muito a honestidade. Faço isso quando alguém fala sobre um tema concreto e eu dou minha opinião a respeito. Não sou eu que abre o debate sobre algo", disse o australiano. 

 

"Tenho a percepção de que há pessoas que me amam e outras que me odeiam, mas em todos os meus jogos os estádios estão cheios e os índices de audiência sobem muito. No começo do ano pelo fogo na Austrália, as pessoas perdiam suas casas e algumas vidas foram perdidas e assim publiquei tweet onde confirmada que cada Ace meu no Australian Open arrecadaria dinheiro. Essas afirmações deram a volta ao mundo. Não busco atenção dos meios nem muito menos. Simplesmente queria ajudar as pessoas desfavorecidas".

Kyrgios disse estar com muita saudade dos torneios: "Mas tomei essa decisão. Durante todos meses me concentrei em outros aspectos da vida. Quando viajava todo o tempo e joava, passava muito pouco tempo em casa e tinha o pensamento de que o tênis ocupava toda minha vida. Nunca descansava. Se perdesse um torneio, no dia segguinte viajava para outro lugar para outro torneio. Essa mentalidade agora mudou em mim".

Sobre a possibilidade de jogar o Australian Open de 2021, ele disse: "Estamos cruzando os dedos para que esteja 100% fisicamente e o torneio possa ser realizado. De momento a organização reconhehce que há muitas opções em jogar".

 

 

banner
banner