X

Monfils denuncia ataques racistas sofrido nas redes sociais após derrota em Roma

Sexta, 18 de setembro 2020 às 12:32:52 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Em sua primeira derrota na volta do circuito profissional após a pandemia da COVID-19, o francês Gael Monfils recebeu uma série de ataques racistas nas redes sociais. Monfils tinha recorde de 16 vitórias e três derrotas no ano.



Campeão do ATP 500 de Rotterdã , na Holanda, e no ATP 250 de Montpellier, na França, este ano, Monfils jogou mal, nas próprias palavras, e acabou derrotado em sua estreia em Roma para o alemão Dominik Koepfer.

Nem mesmo a grande temporada até então livrou o francês de ser atacado na internet após a derrota. A maioria dos ataques sofridos foram com ofensas racistas, que Monfils decidiu expor na sessão Stories de seu Instagram após avisar tratar-se de um conteúdo ofensivo a menores de 18 anos.

Um usuário identificado como Enrico Villa escreveu em italiano ao tenista o chamando de "negro bastardo" e "sujo de merda" (sic). Em inglês outro usuário identificado como Marek Bures chamou o tenista de "escravo filho da p*" e o acusou de vender o resultado da partida para a máfia. Monfils foi ainda acusado de "corpo mole", "de sacar como uma mulher" e chegou a ser ameaçado por usuários. As mensagens e ofensas também foram enviadas em francês.

 

 

banner
banner