X

Fognini chama Murray de 'arrogante' e Nadal de 'vulcão' em biografia

Quinta, 17 de setembro 2020 às 14:32:09 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

No último dia 15 de setembro, o italiano Fabio Fognini lançou na Itália "Warning - A minha vida entre linhas" sua biografia, que teve maior parte de seu conteúdo escrito durante a pandemia. Lançada em italiano, não há previsões de lançamento no Brasil.

 



Após ler a biografia, o jornalista especializado em tênis Enrico Maria Riva reuniu os tópicos escrito por Fognini que considerou relevantes em uma "thread" do Twitter. 

No livro, o italiano faz uma consideração desconhecida de muitos fãs. Seu primeiro jogo profissional da carreira foi em 2002, contra o italiano Florian Allgauer, que na ocasião era namorado de Flavia Pennetta, que quase 15 anos depois se casou com Fognini e é mãe de seus dois filhos.

O italiano contou como conheceu a esposa: "Conheci Flavia em Acapulco [México] em 2007. Foi amor à primeira vista, mas havia muitos obstáculos. O primeiro deles: Carlos Moyá, seu namorado".

“Em 2014 eu recebi em Wimbledon uma das maiores multas por quebrar raquetes e em 2017 a segunda maior multa do US Open por insultar uma árbitra de cadeira. Não estou orgulhoso de nenhum desses recordes, na verdade, tenho vergonha deles", escreve em outra parte Fognini.

Sobre os principais tenistas do atual circuito, Fognini contou que conheceu nadal em 2003 durante o US Open e que na ocasião o espanhol jogava contra um simulador e o convidou para um treino em quadra. "É difícil descrever como Rafa joga, mas se eu tivesse que usar um exemplo eu diria 'selvagem'. A energia da explosão de um vulcão guiado por método e disciplina. Nadal joga cada ponto em treino como se fosse um ponto de título do Grand Slam. O tênis pra ele é um negócio muito sério".
O italiano contou que é considerado por muitos um cara "preguiçoso" e que por isso é difícil encontrar parceiro de treinos: "O Fognini precisa de um parceiro para treinar hoje. 'Ok, mas ele vai se esforçar?'", seria a réplica.

Ex-top 10 e consolidado há anos no top 20, Fognini revela que um tenista profissional "começa a ver dinheiro" quando entra no top 100, porém, "só passa a ganhar dinheiro se faz parte do top 30".

"Muitas pessoas tentaram me convencer de mudar minha residência para me livras de impostos. Meu pai sempre disse: "Você nasceu aqui, fica aqui. Você irá pagar uma fortuna? Isso significa que você ganhou uma fortuna; E você estará em faz consigo mesmo"", revelou.

Da mesma idade de astros como Novak Djokovic e Andy Murray, Fognini fez algumas revelações: "Andy Murray era arrogante desde jovem. Um cara todo trabalhado nos lobs, dropshots, golpes complicados prontos pra zoar você. Murray e eu nunca nos demos bem. Somos dois cabeças-quentes e perdemos a calma muito rapidamente. Quando estamos no tribunal em quadra, desprezamos um ao outro".

Confira o resumo da biografia em inglês:

banner
banner