X

Stefani lamenta dolorida derrota no US Open, mas segue confiante para o saibro

Terça, 08 de setembro 2020 às 00:59:57 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Luisa Stefani (Tennis Warehouse), 39ª do mundo e primeira do Brasil nas duplas, e a parceira americana Hayley Carter, foram eliminadas, na noite desta segunda-feira, nas quartas de final do US Open, Grand Slam disputado sobre o piso rápido, em Nova York.



A paulistana, primeira top 40 do país em 31 anos, que mora e treina na Saddlebrook Academy, em Tampa, na Flórida, nos Estados Unidos, e a americana caíram diante da chinesa Yafan Xu, oitava do mundo, e a americana Nicole Melichar, 16ª do ranking, dupla terceira favorita ao título, por 6/2 6/3 em pouco mais de uma hora na quadra 17 do complexo Billie Jean King Tennis Center, em Nova York.

Stefani e Carter vinham de derrubar a dupla sexta favorita no sábado das japonesas Ena Shibahara e Shuko Aoyama.

Apesar da derrota, Stefani foi a primeira brasileira a atingir as quartas de final de um Grand Slam desde Patrícia Medrado e Cláudia Monteiro em Wimbledon em 1982 igualando o melhor resultado de uma tenista do país na Era Profissional iniciada em 1968.

Foi também apenas o segundo Grand Slam disputado pela jovem de 23 anos que em janeiro caiu nas oitavas do Australian Open com Carter.

Seus próximos compromissos serão na Europa no piso de saibro a partir da semana que vem com o forte WTA Premiere de Roma, na Itália, depois o WTA de Estrasburgo e a partir do dia 27 com Roland Garros, Grand Slam jogado em Paris, na França.

"Jogo não foi como a gente gostaria. Tivemos algumas chances para quebrar, elas jogaram muito bem, elas estão entrosadas, confiantes, é um time experiente, mérito para elas. Tivemos dificuldades de segurar os games de saque da minha parceira, isso fez com que não pudessemos colocar tanta pressão, elas jogaram soltas na devolução. Jogo muito duro, um pouco decepcionadas, mas acontece. No geral foi uma ótima semana, primeira quartas de final, primeira vez jogando aqui em Nova York, ganhamos dois jogos super bons contra time experiente nas oitavas. Tem muita coisa para levar daqui pra frente, para a gira do saibro. Estamos bem animadas e confiantes para a temporada de saibro, vamos aprender com a derrota de hoje que é um pouco dolorida, mas com certeza muito animada com o que vem pela frente e com a campanha que fizemos nesses três torneios na volta do circuito", disse Stefani.

A dupla da brasileira é uma das oito melhores do ano e nos três torneios jogados na retomada do circuito conquistou o título no WTA de Lexington, nos Estados Unidos, e fez oitavas no WTA Premiere de Cincinnati, realizado em Nova York por conta da pandemia do COVID-19.

Em 2020 a dupla vem colhendo bons resultados. Além do título de Lexington, foram campeãs do WTA 125 de Newport Beach, na Califórnia, e fizeram quartas de final do WTA Premiere de Dubai, nos Emirados Árabes.

banner
banner