X
banner

Westrupp é reeleito como presidente da CBT

Sábado, 15 de agosto 2020 às 14:29:15 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

A Confederação Brasileira de Tênis realizou neste sábado (15) a Assembleia Eletiva para a escolha da gestão da entidade pelos próximos anos. A chapa "Juntos pela continuidade do desenvolvimento do tênis brasileiro" foi eleita por aclamação. 



Assim, Rafael Westrupp foi reeleito para a presidência da CBT para o mandato entre 2021 e 2025, conforme prevê o estatuto, ao lado dos vice-presidentes Aristides Barcellos e Jesus Tajra Filho. O conselho fiscal será formado pelos efetivos José Pareja Filho, Ricardo Murilo Pereira e Paulo Roberto Castelo Branco, com os suplentes Clineu César Coelho Filho, Augusto Maynard Gomes e Rainer Oliveira da Cruz.

Realizada online, em virtude da impossibilidade de uma reunião presencial por causa das medidas de combate ao coronavírus, a Assembleia contou com a presença de presidentes de 24 federações estaduais, além de 12 representantes da Comissão de Atletas. Todos manifestaram apoio à chapa, mostrando a unidade e a força do tênis brasileiro na luta para alcançar os mesmos objetivos.

“Fico muito feliz que os representantes da comunidade do tênis brasileiro tenham reconhecido o nosso primeiro ciclo de gestão. Os 26 presidentes das federações filiadas e os 13 tenistas da Comissão de Atletas foram signatários da nossa chapa, que visa a continuidade na busca pelo desenvolvimento do esporte. Tivemos avanços importantes desde 2017, com títulos expressivos dentro de quadra, além do progresso na área técnica, incluindo a capacitação de professores e a formação de árbitros e os inéditos Encontros de Treinamento na sede da CBT, onde, aliás, hoje temos uma estrutura fantástica que une as áreas administrativa e técnica da entidade. Para o próximo ciclo, queremos manter as parcerias que entendemos serem frutíferas ao nosso tênis, assim como dar sequência ao projeto da base de treinamentos em Itajaí, ampliando as possibilidades de participação dos nossos principais tenistas; seguir investindo no alto rendimento de base, por meio dos campeonatos brasileiros interclubes; além de promover um calendário farto e de qualidade em todos os níveis da modalidade. Nossos vice-presidentes terão um papel fundamental para implementarmos as ações. Vamos superar este ano de 2020, onde estamos sendo impactados profundamente no campo esportivo, e mirar 2021 como início de um novo ciclo de grandes resultados em todas as áreas”, destaca o presidente Rafael Westrupp.

Desde que a atual gestão assumiu a entidade, em 2017, a CBT atingiu diversos êxitos dentro e fora de quadra. Esportivamente, o Brasil se mostrou uma potência no tênis juvenil, chegando a figurar com oito atletas ao mesmo tempo no top 100 da ITF. Além disso, tenistas apoiados pela entidade tiveram grandes resultados no cenário internacional. Marcelo Melo foi campeão de duplas em Wimbledon, João Menezes foi medalha de ouro no Pan-Americano de 2019, Thiago Wild foi campeão do ATP 250 de Santiago e Gilbert Klier Júnior foi bronze nos Jogos Olímpicos da Juventude, por exemplo. No feminino, Luisa Stefani chegou ao top 50 do ranking de duplas da WTA – a melhor posição da história de uma atleta do país na categoria.

No Beach Tennis, o Brasil conquistou dois títulos do mundial por equipes (2018 e 2019), a principal competição do calendário internacional. No tênis em cadeira de rodas, pela primeira vez na história o país teve um representante em Grand Slam, com a presença de Ymanitu Silva em Roland-Garros. Isso foi fruto da parceria institucional que a CBT mantém com a Federação Francesa de Tênis, em laços que foram ampliados também com o All England Lawn Tennis Club para trazer um torneio ligado a Wimbledon para o Brasil, além da parceria com a Federação Suíça de Tênis.

No aspecto administrativo, a CBT se destaca com ações voltadas para a transparência, guiadas pela governança corporativa. A Confederação tem importantes balizadores da gestão, como a Certidão de Registro Cadastral, emitida pela Secretaria Especial do Esporte, que atesta que a entidade cumpre todos os requisitos legais para receber recursos públicos. Além disso, participa dos programas Gestão, Ética e Transparência do COB, e também do Programa de Governança Rating Integra do Instituto Ethos. Recentemente, a entidade recebeu o selo Great Place to Work.

A entidade, que passou por uma reforma administrativa ao longo dos últimos meses, hoje está saneada financeiramente e conta com o apoio do BRB como patrocinador master. O banco está ao lado da Peugeot, da Wilson, da W. A. Sport e da Maniacs Roupas Esportivas no rol de patrocinadores, que conta ainda com os apoios do Comitê Olímpico do Brasil, do Comitê Paralímpico Brasileiro e do Comitê Brasileiro de Clubes.

"Dou os parabéns a todos pela reeleição. Nós, atletas, estamos muito felizes com tudo isso que está acontecendo. Esse é um marco histórico que estamos vivendo, um momento de interação e comunicação entre todos, como nunca aconteceu. A gente está muito feliz pelos quatro anos que já estão acontecendo, que estão sendo muito legais. E podem contar conosco sempre, estamos juntos para fazer mais quatro anos de grande sucesso", pontuou o tenista Marcelo Demoliner, vice-presidente da Comissão de Atletas, durante a Assembleia.

 
Diretoria eleita
Rafael Westrupp, presidente
Aristides Barcellos, vice-presidente
Jesus Tajra Filho, vice-presidente
 
Conselho Fiscal
Efetivos
José Pareja Filho
Ricardo Murilo Pereira
Paulo Roberto Castelo Branco
 
Suplentes
Clineu César Coelho Filho
Augusto Maynard Gomes
Rainer Oliveira da Cruz

banner
banner