X
banner

Stefani comemora final e destaca: 'Viemos para ganhar o torneio'

Sábado, 15 de agosto 2020 às 10:30:58 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Luisa Stefani (Tennis Warehouse), 45ª do mundo e primeira do Brasil nas duplas, emplacou a terceira vitória na semana e garantiu vaga, nesta sexta-feira, na decisão do WTA International de Lexington, nos Estados Unidos, evento de primeira linha do circuito mundial. 



A paulista que mora e treina na Saddlebrook Academy, na Flórida, nos Estados Unidos, e a parceira americana Hayley Carter, cabeças de chave 4 do evento, derrotaram as russas Vera Zvonareva, ex-número dois do mundo em simples, e Anna Blinakova por 7/5 6/1 após 1h06min de duração.

O jogo estava programado para 14h de Brasília, mas só foi disputado com mais de quatro horas de atraso por conta de chuva na cidade. Stefani e Carter estiveram abaixo 5/1 no primeiro set, mas fizeram seis games seguidos para vencer a parcial e embalaram no segundo set.

Stefani, que é a primeira brasileira a competir no tênis após a retomada do esporte, disputa sua terceira final na carreira de um torneio do mais alto nível do circuito. Todas foram ao lado de Carter. Ano passado foram campeãs em Tashkent, no Uzbequistão, e vice-campeãs em Seul, na Coreia do Sul. Portanto, Luísa buscará sua segunda conquista.

Elas buscam o título somente no domingo (sem horário marcado ainda) xcontra as vencedoras do duelo entre a dupla cabeça de chave 1 e máxima favorita, a chilena Alexa Guarachi e a americana Desirae Krawczyk e a dupla da suíça Jill Teichman e da tcheca Marie Bouzkova. Este duelo será disputado na tarde deste sábado.

"Um jogo muito positivo hoje, feliz de chegar à final. Um dos meus jogos preferidos até agora pelo começo que foi bem devagar, não começamos bem, mas depois que engrenamos do 1/5 do primeiro set fomos bem até o fim e nosso jogo se encaixou. Foi muito sólido depois dessa volta. Agora prontas para mais uma final, felizes de alcançar a decisão", disse Stefani

Este ano as duas ocupam o nono lugar do ranking de duplas somando um título no WTA 125 de Newport Beach, nos EUA (WTA 125 uma divisão abaixo dos WTA International), foram quadrifinalistas do WTA Premiere de Dubai, nos Emirados Árabes, e fizeram oitavas no Grand Slam do Australian Open, em Melbourne.

Com a final em Lexington, Stefani vai garantindo o melhor ranking com o 41º lugar. Se for campeã, irá ao 38º ou 39º lugar. Ela e Carter vão subir pelo menos uma posição no ranking de parcerias ao oitavo lugar. Se vencerem o troféu serão a sétima melhor dupla de 2020.

"Não vou dizer que não esperava chegar na final pois viemos aqui com meta de ganhar o torneio. Não estou surpresa, mas muito feliz de alcançar a final. Mais um jogo para tentar fechar com chave de ouro a semana e o retorno ao tênis", concluiu.
Stefani está em Lexington se preparando para o torneio desde segunda-feira passada e confinada no hotel do torneio no protocolo recomendado pelo evento. Ela já realizou três testes negativos da COVID-19.

A tenista joga o primeiro de três torneios previstos nos EUA. Depois seguirá o Premiere de Cincinnati, a partir do dia 22, e o US Open, a partir do dia 31, os dois em Nova York.

Na temporada, Stefani e Carter foram campeãs do WTA 125 de Newport Beach, nos EUA, fizeram oitavas do Australian Open e quartas no WTA Premiere de Dubai, nos Emirados Árabes.

banner
banner