X

Dimitrov não sabe se joga o US Open: 'Já tive COVID, sei como é'

Quarta, 05 de agosto 2020 às 14:25:00 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Em entrevista à Sky Sports do Reino Unido, o búlgaro Grigor Dimitrov, admitiu ter receio de competir em Novay York no US Open e no Masters de Cincinatti, e pontuou que tomara decisão em breve,



Na entrevista, feita por vídeo conferência, Dimitrov foi questionado sobre a ida ao US Open e foi sincero: "No momento, estou muito inseguro, vou ser completamente honesto. Pensei nisso e continuo pensando todos os dias. Sinto que há tantas perguntas que preciso fazer e poucas respostas".

"Eu já tive (a COVID-19), então eu sei o que é. Para os europeus, é difícil porque você tem que viajar cerca de 12 horas para chegar a Nova York e pegar alguns aviões, depois chegar a um hotel e a bolha é uma bolha, mas estatisticamente, somos mais de mil pessoas no mesmo lugar e isso não é fácil", considerou ele que apresentou os primeiros sintomas da doença durante a etapa da Croácia da Adria Tour, torneio exibição beneficente, já em sua segunda semana e viu toda a competição ser cancelada, além de outros companheiros estarem contaminados.

"Eu não espero que ninguém entenda, mas se alguém entender, as coisas parecerão um pouco mais complicadas. Mesmo que tenhamos acordos de governos com quarentena e tudo mais, nunca sabemos o que acontecerá de um dia para o outro, o que coloca muito de limitações na programação e em você mesmo porque deseja concluir ", seguiu o búlgaro.

Dimitrov pontuou ainda que espera algumas informações para então tomar a decisão de ir ou não ao Slam nova-iorquino. "Este momento é um momento tão delicado que não posso dizer 'sim, vou' ou 'não, não vou'", finalizou.

banner
banner