X
banner

Vice de Roland Garros, Puerta confessa que mentiu por 15 anos

Terça, 04 de agosto 2020 às 21:43:07 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Ex-tenista argentino, Mariano Puerta, vicecampeão de Roland Garros em 2005, perdendo final para Rafael Nadal, confessou ao jornal argentino La Nacíon que mentiu por 15 anos para reduzir sua sentença por doping



O ex-jogador deu positivo para etilefrina durante o torneio e foi suspenso em setembro. Ele havia dito que tina consumido uma bebida com sua companheira: "A explicação que usamos como estratégia foi mentira. Mas não tirei vantagem esportiva. Não quero que me vejam como trapaceador. Tomei um suplemento à base de cafeína e ginsen, cujas pílulas, adquiridas a um amigo de meu preparador físico, continham rastros do produto antidoping", disse o ex-top 10.

"Sempre tive confiança nele, cega em minha equipe. Jamais podia haver pensado que faria alo que me sentisse mal porque qualquer coisa que fosse mal para mim seria mal para ele. Não vou pensar que poderia dar um tiro no pé"

Darío Lecman era o preparador físico de Puerta na época e ele nega essa nova respostas do ex-jogador. Ele disse à reportagem que não deu pastilhas aos ex-jogador.

 

 

banner
banner