X
banner

Navratilova destaca engajamento e liderança de Gauff: 'Ele pode mudar o mundo'

Sexta, 03 de julho 2020 às 10:30:00 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Em entrevista a rádio britânica BBC 4, a tcheca Martina Navratilova, ex-número 1, concedeu uma entrevista na qual a jovem norte-americana Coco Gauff, de 16 anos, foi um dos destaques, sendo chamada de 'líder' na nova 'vanguarda' por mudanças sociais.



Naturalizada norte-americana, Navratilova foi questionada sobre como viu a participação da jovem promessa do tênis local, Gauff, nas manifestações pacíficas ocorridas na cidade de Miami, na Flórida, dentro do movimento "Vidas Negras Importam" [Black Lives Matters], nos quais a tenista chegou a discursar pedindo justiça pelos negros mortos por forças policiais brancas no país.

"Eu sorrio quando vejo o alcance que ela já tem agora e todo o futuro que tem pela frente, iniciou a ex-tenista. "Ela é tão preparada dentro e fora de quadra, ela foi criada com grandes qualidades e tem mostrado isso quando joga e quando ela é politicamente ativa", seguiu.

"Ela é uma destas pessoas que podem mudar o mundo para melhor e vemos que é isso que ela quer", refletiu Navratilova que tem 63 anos e destacou que é importante que as estrelas do esporte tenham consciência do quanto determinadas políticas praticadas afetam diretamente suas vidas e liberdades.

Nascida na antiga Tchecoslováquia, ainda como uma das repúblicas da União Soviética, Navratilova destaca o quanto o tênis tem sido desde muito tempo um esporte de vanguarda social: "O esporte sempre esteve na vanguarda da mudança social. E agora pode ser isso novamente com o 'Black Lives Matter' e com o pedido de igualdade para todos".

"O tênis teve sua parcela de obstáculos, mas, no geral, estivemos na vanguarda da mudança social e parece que agora com Coco Gauff, liderando a luta, estamos lá", declarou ela que foi uma das primeiras atletas do mundo a se assumir homossexual publicamente

banner
banner