X

Mouratoglou chama tênis de falso e quer permissão da quebra de raquetes

Segunda, 08 de junho 2020 às 13:18:29 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Patrick Mouratoglou, treinador de Serena Williams, detalhou, em entrevista ao jornal The Independent, um plano para reformar o tênis. Ele está insatisfeito pois o público do esporte é velho e os principais ganham muito mais dinheiro.



"Levo bastante tempo preocupado e a verdade é que as coisas no tênis não estão melhorando. Estamos vivendo dos torcedores que fizemos nos anos 70 e 80. Não pode ser que a média do nosso público seja de 60 anos de idade, talvez para uma música clássica esteja bem, mas para um esporte como o tênis, que está envelhecendo com muita velocidade. Tendo em conta o futuro do tênis não pode ser brilhante em absoluto", disse Mouratoglou que foi além.

"O tênis de hoje em dia é falso. Temos personagens reais, mas não se atrevem a ser eles mesmos. Obviamente o código deconduta atual tem muito a ver com isso. Desta maneira está matando a emoção para colocar comportamentos dentro de quadra. O que eu quero é que as pessoas sejam livres".

"Quais são os órgãos para dizer o que é bom e que é o mau comportamento ? Creio que algo assim é inaceitável, incluindo desde o ponto de vista ético. Não creio que nenhuma pessoa deste planeta possa assinalar com outra pessoa e afirma algo assim. Por exemplo, sempre que não seja perigoso para outras pessoas, deveria permitir que um jogador possa quebrar a raquete. É minha raquete, é meu problema".

Patrick comenta sobre a falta de carisma e ação dentro da quadra tem a ver com as normas vindas de fora: "Não temos histórias, não temos dramas,esse é o problema do tênis. A história de dois tipos com uma bola de tênis ? Ali sabe o que vai acontecer. Quando você olha os melhores sabe que não terá nenhum drama nos encontros."

O técnico então entra com uma proposta: "Quanto mudou o mundo nos últimos 40 anos ? Quanto evoluímos através do mundo digital ? Quando evoluímos através do mundo digital ? As pessoas hoje em dia consomem o esporte de maneira diferente. Para os órgãos clássicos do tênis é extremamente difíicil de mudar esses regulamentos e talvez seja melhor se não fizerem nada, mas alguém deve fazê-lo. Eu venho para propôr algo diferente, algo que talvez as pessoas não gostem. Não digo que será tudo perfeito, mas sim diferente. Queremos criar um formato que sirva para o futuro do tênis, abertos a tudo".

O formato deve ser apresentado no Ultimate Showdown, evento que começa no dia 13 agora e vai até 12 de julho com presenças de Stefanos Tsitsipas, Matteo Berrettini, David Goffin, Felix-Auger Aliassime, Dustin Brown, Alexei Popyrin, Benoit Paire, Lucas Pouille e Richard Gasquet.

Mouratoglou também falou sobre a questão financeira do tênis: "Não quero acusar os melhores jogadores, mas não me parece bem a maneira com que o dinheiro é repartido, não é o modelo correto. Não pode ter três jogadores que obtenham 90% do dinheiro com todos do planeta. É uma completa loucura. Está claro que são os melhores do mundo e é uma recompensa pelo trabalho, mas devemos revisar novamente a distribuição do dinheiro. Ninguém tomou uma decisão a respeito desse tema e assim o farei".

banner
banner