X

Guga rejeita proposta para treinar Tsitsipas

Quinta, 04 de junho 2020 às 16:16:27 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Na próxima semana Gustavo Kuerten comemora os 20 anos de sua segunda vitória em Roland Garros quando alcançou o bicampeonato no Grand Slam francês, depois de uma final eletrizante com Magnus Norman, em 2000. Mas, foi com o adversário de sua terceira final no Aberto da França que Guga conversou essa semana sobre a possibilidade de aceitar o convite do grego Stefano Tsitsipas.



Guga participou de um bate-papo com Alex Corretja, espanhol com quem protagonizou a final de 2001, e o tenista Mats Wilander para o Eurosport. Entre momentos que alternaram lembranças e opiniões sobre o cenário atual, veio a questão que o tenista grego trouxe recentemente durante uma Live. Tsitsipas declarou que gostaria de ter Guga em sua equipe, como técnico. Guga explicou que enviou uma mensagem para Stefano dizendo que ele pode entrar contato quando quiser. “Ele foi muito gentil. Seria uma grande experiência, mas não para mim, porque eu tenho duas crianças muito pequenas para cuidar”, respondeu Guga se referindo aos filhos Maria Augusta e Luiz Felipe, de 8 e 6 anos. “Na verdade, eu já sou técnico. Tem dia que sou técnico de Matemática, Português...”, brincou o tricampeão.

Durante a conversa Guga também ressaltou que a nova geração do tênis precisa estar mais conectada à quadra. Hoje existe muita interferência, mas é preciso focar muito no treinamento, na quadra”. Corretja também analisou o panorama do tênis e disse que a comparação da performance entre os atletas não é saudável. “Guga e Nadal são únicos”, mas precisam servir como referência, inspiração, evitando a comparação para não gerar pressão sobre os novos tenistas.

 

Assista (em inglês):

banner
banner