X

Tsitsipas diz quem são seus rivais e pontua: 'Rivalidades apimentam o circuito'

Quarta, 03 de junho 2020 às 09:15:00 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Em entrevista ao Major Talks conduzida pela tenista francesa Alizé Lim, o grego Stefanis Tsitsipas contou que se vê capaz de vencer um torneio do Grand Slam, apontou quem são seus principais adversários no circuito e revelou ver rivalidades como positivas.



Tsitsipas começou a entrevista revelando que está estudando francês e brincou: "Estou empolgado para o dia que falarei francês fluentemente, me ajudará no discurso em Roland Garros". O grego está na academia do treinador Patrick Mouratoglou, na França, e contou estar com "dificuldades para encontrar motivação nos treinos", pois ainda não sabe se treina como a intensidade de uma pré-temporada ou para manter o ritmo.

Mais adiante na conversa, o grego é questionado sobre a possibilidade de vencer um torneio do Grand Slam:“Sinto que sou apto de vencer um Grand Slam, não é que eu não esteja apto. Eu provei a mim mesmo no ATP Finals. Eu era o último dos oito jogadores, o que certamente significa algo - não foi acidental, sabe?".

O jovem, que já foi semifinalista no Australian Open, mostrou que há uma diferença entre os torneios comuns do circuito e os Slams: "Existe um procedimento e estrutura diferentes em um Grand Slam, e isso deve ser encarado com muita responsabilidade, é um processo diferente. Os Slams são muito longos, duram duas semanas e é preciso ser consistente mentalmente, fisicamente, é preciso fazer uma boa reabilitação (física) após cada partida, para que possa entrar de novo na próxima partida", seguiu ele a respeito das competições que são disputadas em partida melhor de cinco sets.

"Um Grand Slam é como uma longa maratona, é um torneio muito diferente dos outros torneios que você joga durante o ano. Então, o que acontece é completamente diferente e você precisa, de certa forma, inovar as coisas durante uma semana do Grand Slam e ser sábio e preciso no que está fazendo”, seguiu.

“Você precisa cuidar de todos os seus pontos fortes e usá-los gradualmente, passo a passo, sem exagerar nas coisas nas primeiras rodadas, obviamente não desperdiçando energia desde o início do torneio, jogando cinco sets nas três primeiras rodadas. (Isso) Com certeza, é algo que os melhores jogadores descobriram, eles foram muito consistentes com isso durante toda sua carreira no circuito. Acho que é isso que os torna quem são, e também preciso chegar a esse ponto”, completou.

Questionado sobre quem são seus principais adversários no circuito, Tsitsipas apontou para companheiros de Next Gen e revelou o que pensa sobre rivalidades: "Isso é o que apimenta o nosso esporte/circuito. Com certeza são: Alexander Zverev, Dominic Thiem, quero dizer que ele é um pouco mais velho que eu, Denis Shapovalov, Felix Auger-Aliassime, Alex de Minaur", iniciou e seguiu: "Todos eles, todos são ótimos jogadores, todos podem competir contra mim de igual para igual, sim, contra alguns deles eu não tinha o melhor registro, isso é certo, e esses são os jogadores que eu estarei enfrentando com mais regularidade. Me vejo competindo contra eles com muita frequência no circuito", opinou.

Assista a entrevista completa em inglês:

banner
banner