X

Conheça o conceito arquitetônico inédito da nova quadra de Roland Garros

Terça, 21 de maio 2019 às 15:29:20 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Por Ariane Ferreira - A organização de Roland Garros está orgulhosa de sua nova quadra, Simonne Mathieu, que foi construída num conceito urbano inédito no mundo e que faz parte do tão sonhado plano de ampliação do complexo.



Com capacidade para 5 mil espectadores, a quadra Simonne Mathieu é a mais nova integrante do complexo de Roland Garros. Ela foi construída no setor à leste do clube original do Slam parisiense, em um terreno doado pela prefeitura de Paris para que as obras de ampliação de recebimento de público, capacidade interna e modernização fossem realizadas.

O conceito da quadra é único no mundo do tênis - e por questões de leis ambientais locais e o intuito integrar pontos turísticos da capital francesa -, a quadra Simonne Mathieu está cercada por estufas  que são uma continuação do centenário Jardins de Serres d'Auteuil, que foi desenhado, dentro de um programa de urbanização da prefeitura, no fim do século XIX, pelo paisagista Jean-Camille Formigé que desenvolveu as estufas para abrigar a coleção de plantas tropicais que foi reunida pelo rei Louis XV um século antes.

O espaço dedicado ao entorno da quadra Simonne Mathieu abriga mil espécime de variadas plantas. 

Todos os que ascenderem à quadra, poderão visitar antes, durante ou depois dos jogos o espaço de estufas, que foi construído com bases em desenhos e croquis guardados pelos herdeiros de Formigé.

O visitante de Roland Garros que quiser visitar a completude do Jardins de Serres d'Auteuil poderá fazê-lo antes ou depois da programação e a entrada é gratuita, ao lado leste do complexo do Slam.

Após enfrentar diversos embargos das obras com um todo do complexo na justiça francesa, a Federação Francesa de Tênis (FFT) conseguiu prosseguir com as obras da Simonne Mathieu de maneira linear, foram dois anos de trabalho, como demonstrado no vídeo abaixo.

Confira um vídeo que apresenta a nova quadra:

Confira um segundo vídeo sobre a construção da Simonne Mathieu:

banner
banner