X

Cornet é absolvida em processo de perda de testes antidoping

Terça, 15 de maio 2018 às 15:11:45 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

A francesa Alizé Cornet foi absolvida da acusação de violação das regras do controle anti-doping do tênis profissional, após não estar presente para a realização de três testes diferentes em um período de um ano.



A Federação Internacional de Tênis (ITF) divulgou todo o parecer do processo, que levou Cornet a um tribunal independente para julgar sua conduta em violar a regra de estar presente nos locais e datas informados no sistema online de localização de atletas para testes realizados fora da competição.

Entre o fim de 2016 e outro de 2017, por três ocasiões a tenista francesas não realizou os testes. As ocasiões, descritas com detalhes na resolução do processo (leia itftennis.com/media/285132/285132.pdf">aqui em inglês), aponta que em uma ocasião a tenista não estava em sua casa, em Cannes, quando a médica do antidoping chegou para o exame segundo informou seu namorado que estava na casa, na segunda ocasião a tenista não estava na casa da mãe, também na França e segundo o processo a mãe da tenista chorou ao descobrir que quem procurava a filha era do sistema antidoping e na terceira ocasião, por um problema no interfone do apartamento da tenista e ela não atender seus telefones o teste não foi realizado.

No julgamento, os juízes levaram em consideração que Cornet em toda a carreira realizou mais de 100 testes antidoping e nunca sequer caiu em suspeita. A defesa da tenista apresentou as passagens aéreas datas do dia em que os dois primeiros testes deveria ocorrer como prova da ausência dela.

Sendo assim, a tenista volta ao circuito sem dever nada. 

banner
banner