X

Rogerinho tenta virada, mas Ramos confirma favoritismo na estreia no Rio

Segunda, 19 de fevereiro 2018 às 19:22:27 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Após furar o quali do Rio Open, o tenista número dois do Brasil e 106º do mundo, Rogerio Dutra Silva, o Rogerinho, buscou e ficou por pouco de conseguir a virada diante do espanhol Albert Ramos Viñolas, 19º da ATP, na estreia da chave principal.



No primeiro jogo da quadra Guga Kuerten na edição 2018 do torneio carioca, o espanhol precisou de 2h29 para fechar o placar em 6/3 3/6 6/4 tendo convertido contra três do brasileiro, que venceu 73% dos pontos jogados com seu primeiro serviço contra 71% de aproveitamento do espanhol.

Com apoio da torcida, Rogerinho teve inicio de partida pressionado em seus games de saque salvou breakpoints no segundo e sexto games, tentou pressionar, alongou disputa de pontos, conquistou pontos no saque do espanhol, mas acabou quebrado no oitavo game e fechou a partida.

Na segunda etapa, Rogerinho saiu com quebra abaixo após cometer erros com backhand, viu o rival abrir 2/0 no placar, mas não se rendeu. O paulistano pressionou e teve três breakpoints no quarto set, estava 3/1 abaixo no placar e conseguiu virar e venceu cinco games em sequência com quebras no sexto e oitavo games e forçou o set final.

Ali, o brasileiro seguiu sólido buscando colocar o espanhol para correr, conquistou a quebra no terceiro game, abriu 3/1, seguiu administrando a vantagem, mas cometeu erros e viu Ramos vencer quatro games

 consecutivos com quebras no oitavo e décimo games.

Na segunda rodada do torneio, o quarto favorito encara o chileno Nicolas Jarry, que venceu o espanhol Guillermo Garcia Lópes por  6/3 7/6 (4).

banner
banner