X

Australian Open bate recordes de audiência em todo o mundo

Terça, 06 de fevereiro 2018 às 11:20:49 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

O jornal australiano The Age traz números impressionantes a respeito da transmissão televisiva da disputa do Australian Open, primeiro Grand Slam da temporada, em todo o mundo. O torneio teve crescimento considerável na Ásia e na Índia.



Segundo a publicação, mais de 900 milhões de pessoas residentes em 220 territórios do planeta assistiram a competição através de 65 canais de TV diferentes.

O crescimento e público e número de jogos transmitidos teve maior destaque na Ásia e Índia, que apesar de estar na Ásia, é considerado um país de público e cultura totalmente distinta dos demais.

Pela primeira vez da história, o maior canal de TV aberta da Coreia do Sul, a JTBC, transmitiu um jogo ao vivo de tênis, foi no dia 24 de janeiro, décimo dia do torneio, no qual a grande estrela local Hyeon CHung bateu a surpresa do torneio Tennys Sandgren em sets diretos. Apenas essa partida colecionou 1.414.00 espectadores divididos em 972 mil na JTBC, e outros 442 mil pela JTBC Fox Sports, canal a cabo no país.

Os números da Fox Sports coreana apontam que sets dos 10 jogos de torneios do Grand Slam mais assistidos via transmissão do canal foram do Australian Open 2018. Destaque para os 437 mil espectadores para a partida entre Novak Djokovic e Hyeon Chung.

O país com maior população no mundo não ficou de fora e viu 575 jogos do torneio, desde o qualificatório, serem transmitido. A iQIYI televisionou grande parte do qualifying e transmitiu jogos de todas as quadras. Dessa forma, o broadcaster chinês transmitiu mais jogos que o próprio site do Australian Open, que não mostrou nenhum jogo da quadra principal, a Rod Laver Arena.

Ainda na China, a TV estatal CCTV transmitiu mais de 96 horas ao vivo do Australian Open e viu seu canal esportivo o CCTV-5 transmitir outras 40 horas. Tvs provinciais chinesas, como de Pequim, Guangdong e Xangai, transmitiram o primeiro Grand Slam da temporada diariamente.

Segundo o jornal australiano a NHK, principal canal de TV do japão, também viu a audiência do Slam aumentar, mesmo com a ausência de Kei Nishikori.

A DD Sports da Índia e a PTV Sports do Paquistão transmitiram ao vivo toda a segunda semana do torneio, algo inédito.

A Eurosports também não deixou de faturar audiência e bateu seus próprios recordes nos dez primeiros dias impulsionados pela chave feminina. Os países onde a Eurosports superou suas expectativas foram: Alemanha, Polônia, Romênia, Reino Unidos, Holanda, Suécia, Dinamarca, Noruega, Itália, Espanha e França.

Além disso, TVS abertas da Eslováquia (RTVS ), Hungria (MTVA), França (C8), Croácia (HRT), Suíça (SSR SRG), Dinamarca (Kanal 5), Bélgica (VRT) e Reino Unido (BBC) transmitiram jogos específicos do torneio e apresentaram aumento na audiência.

A transmissão no Brasil foi feita pela ESPN local, através do contrato de transmissão da ESPN América Latina. Números não foram divulgados pelo canal, mas a ESPN Deportes, que abrange os países de língua espanhola da América Latina, comemorou através de sua equipe o sucesso nas transmissões.

banner
banner