X

Kvitova: 'Aprendi conviver com a minha nova mão, eu a amo'

Sábado, 16 de dezembro 2017 às 15:23:12 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Após protagonizar uma das mais vitoriosas 'volta por cima' de um tenista, ao ter parte da mão rompida por uma facada em dezembro passado e recuperar-se com cirurgia e voltar à competição seis meses depois, a tcheca Petra Kvitova fala de seu estado.



"Vou levar mais de um ano para ter de volta os movimentos completos e ainda sim não é certeza. Aprendi conviver com a minha nova mão, eu a amo e apenas fico feliz por ter todos os meus dedos", disse ela em entrevista ao jornal britânico The Guardian..

Kvitova contou que as notícias sobre ela durante a recuperação ao mesmo tempo lhe deixaram chateada e serviram de motivação. "Eu ouvia os rumores de que poderia nunca mais jogar e pensava: 'vou mostrar para eles'. Ficava imaginando por que estavam dizendo isso, foi muito doloroso e senti que não acreditavam em mim", ressaltou a bicampeã de Wimbledon.

"Na semana da cirurgia perguntei ao médico se ele achava que eu poderia jogar em Wimbledon. Ele ficou em silêncio por um instante e depois disse: 'Nós vamos trabalhar nisso' e mais um monte de coisa. Nesse momento eu entendi que não seria fácil", destacou.

"O ano foi de altos e baixos. Começou não muito bem, mas fico feliz em ter deixado isso para trás. Agora, olho para ele de maneira positiva. Jogar na grama de Wimbledon e depois conseguir um bom resultado no US Open foi muito importante para minha cabeça e minha confiança", pontuou.

banner
banner