X

Favela Open tem final no sábado em SP

Terça, 12 de dezembro 2017 às 17:38:48 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

No dia 16 de dezembro, o Favela Open realiza o Finals Favela Open no Capão Redondo. Em 2017 o projeto completa 25 anos e comemora a inclusão social de mais de 30 mil crianças e jovens carentes nas clínicas de tênis.



As etapas do Favela Open são realizadas a cada ano em 40 favelas da Grande São Paulo e as competições são divididas por sexo e idade. Os principais objetivos do projeto são: procurar novos talentos, considerando que grandes nomes de diferentes esportes nacionais foram descobertos em periferias; incentivar crianças e jovens carentes ao esporte e afastar essas crianças e jovens do crime, drogas e violência. A cada mês de dezembro é realizada a final do Favela Open e consagrado um vencedor entre os quase 1.200 participantes/ ano.

 Durante o fim de semana dos dias 15 e 16 de dezembro, aproximadamente 300 crianças e jovens carentes, entre 7 e 18 anos, participam do projeto.  Na sexta-feira (15), das 6h às 10h, é realizada  a última etapa do Favela Open deste ano – que é considerada a mais famosa. E no sábado (16), das 7h às 10h, o Finals Favela Open reúne  os 64 jogadores que se destacaram na temporada de 2017, incluindo índios de três aldeias: Boracéia (litoral Norte), Tenendé Porã (litoral Sul) e Krukutu (Parelheiros). Ambos os eventos acontecem na rua Macieira do Sul, bairro Jardim São Lourenço/ Capão Redondo.

 O vencedor do Finals recebe como prêmio um troféu e prêmios de patrocinadores, além de uma raquete de tênis autografada por Roger Federer – doada pelo empresário Alexandre Soares, que é considerado o maior colecionador de itens do tenista suíço.    

 Neste ano, para comemorar  os 25 anos do projeto, o Favela Open conta com apresentação da escola de samba Unidos da Macieira para encerar o campeonato. O evento se mantém com apoio e patrocínio de pessoas, amantes do tênis, e empresas e neste ano tem patrocínio da revista Talk Miami.

 

banner
banner