X

Muller celebra 'maior vitória' de sua carreira

Segunda, 10 de julho 2017 às 18:56:29 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Aos 34 anos o canhoto luxemburguês vive o ápice de sua carreira nesta segunda-feira com vaga nas quartas de final de Wimbledon derrotando Rafael Nadal em uma épica batalha com 15/13 no quinto set e 4h47min de duração.



Leia Mais:

Muller vence jogo épico contra Nadal 

Nadal lamenta: 'Dei tudo, mas ele mereceu um pouco a mais'

O tenista 26º do mundo celebrou e afirmou ser o maior triunfo apesar de ter batido Nadal em 2005 no mesmo torneio. Na época o tenista vinha de título em Paris, mas só tinha um Major na carreira, hoje tem 15: "Definitivamente é a maior vitória de minha carreira. Tive uma lesão (cotovelo) em 201 e não tinha certeza se voltaria. Joguei algumas grandes partidas, mas essa definitivamente a maior desde o retorno. Especialmente por ser essa fase de um Grand Slam jogando contra um dos caras que está dominando o ano", apontou o veterano diante do rival que tinha 28 sets seguidos vencidos. 

O tenista vem be na grama no ano com título em Hertogenbosoch, na Holanda, e com mais uma conquista em Sydney em janeiro no piso duro: "A principal razão é que estou jogando temporadas completas nos últimos três, quatro anos, algo que não conseguia antes por conta de lesões. A última lesão que tive talvez tenha sido a melhor coisa que me ocorreu pois não conseguia tocar na raquete e tive que trabalhar o físico e fiquei o melhor que pude. Tenho muita confiança no meu corpo agora", disse o tenista que nas quartas enfrenta o croata Marin Cilic, sexto colocado.

"Amanhã provavelmente não vou me sentir bem, mas estarei preparado para quarta-feira. Tenho o dia livre e estou viajando com meu fisioterapeuta o que é u plus para mim. Cilic está jogando bem , teve match-point para ser campeão em Queen´s, de volta às quartas aqui, está muito confiante no momento, será um jogo duro".

banner
banner