X

Impossível no saque, Federer avança no Australian Open e pega Dimitrov

Quarta, 20 de janeiro 2016 às 02:50:02 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Roger Federer, quatro vezes campeão do Australian Open e terceiro melhor do mundo, emplacou mais uma ótima exibição e esteve impossível no saque para derrotar o talentoso e perigoso Alekxandr Dolgopolov, 35º, para atingir a terceira rodada do Australian Open.



Leia Mais:

Federer aprova atuação e prevê jogo perigoso contra Dimitrov

Dimitrov sua contra argentino 210 do mundo e tenta impedir marca de Federer

Búlgaro ansioso por revanche contra Federer

Quer ganhar um kit do torneio com raquete e tubos de bolas ? PARTICIPE AQUI!

O natural da Basileia superou o rival por 3 sets a 0 com parciais de 6/3 7/5 6/1 após 1h32min de duração na quadra Rod Laver, a principal de Melbourne Park.

O suíço já iguala a campanha do ano passado que foi abaixo do esperado sendo surpreendido na terceira fase pelo italiano Andreas Seppi. Em busca de vaga nas oitavas ele vai encarar o vencedor do búlgaro Grigor Dimitrov, cabeça de chave 27 e reconhecido como o Baby Federer pelo estilo parecido que tem de jogar, que suou para derrotar o argentino Marco Trungelitti, 210º, por 6/3 4/6 6/2 7/5. Federer teve muitos problemas com Dimitrov na semi de Brisbane, na Austrália, na primeira semana do ano, mas passou em três sets.

Federer alcançou sua vitória 299 em Grand Slams nesta quarta-feira e a vaga nas oitavas dará a 300ª.

O jogo

Federer esteve muito bem no serviço, disparou 25 aces com 68% do primeiro serviço sendo 88% dos pontos vencidos com ele. Não sofreu uma oportunidade de quebra sequer do oponente.

Na primeira etapa um game mal jogado por Dolgopolov, no 3/2 deu a quebra para Roger que liquidou por 6/3 em 26 minutos.

Na segunda etapa Federer foi tendo chances, mas sempre o tenista do leste europeu fechando a porta no serviço ou com golpes pesados da linha de base. No 5/5 após game encardido, Roger abaixou devolução com slice e Dolgopolov errou na rede. Com muita vibração e bons serviços, Federer fechou por 7/5.

Na terceira etapa a quebra veio cedo com direita na rede do oponente. Ele ampliou a vantagem no quinto game e a cabeça de Aleksandr sumiu sendo presa fácil ao perder por 6/1.

banner
banner