X
banner

Martinica pode substituir Guadalupe como sede francesa na Copa Davis

Domingo, 27 de dezembro 2015 às 13:09:27 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

A Federação Francesa de Tênis pode precisar fazer uma mudança de última hora na sede do confronto contra o Canadá, entre os dias 4 e 6 março, válido pela primeira rodada do Grupo Mundial da Copa Davis em 2016.



Após anunciar a ilha de Guadalupe, território francês no Caribe, como sede do duelo, os franceses podem se ver obrigados a desistir da ideia por razões financeiras. 

De acordo com o diário francês L’Equipe, a reforma do estádio escolhido para o duelo, o Velodrome Amedee Detraux, na cidade de Baie-Mahault, vai sair muito mais caro que o previsto. A obra de ampliação da capacidade para oito mil pessoas custaria cerca de 4,5 milhões de euros, três vezes mais que o 1,5 milhão inicialmente previsto.

"Estamos tentando encontrar uma solução. Não podemos nos dar ao luxo de sediar a Copa Davis se o custo realmente chegar a 4,5 milhões. É um valor muito alto para nós", admitiu o presidente de Guadalupe, Aly Chaus.

Caso Guadalupe não possa mesmo sediar o evento, outro território francês no Caribe, a ilha de Martinica, surge como postulante. É o que garante Germain Soumbo, presidente da Liga de Tênis da Martinica.

"O estádio Pierre Aliker em Fort-de-France (capital da Martinica) é um lugar perfeito para sediar o evento. Estamos prontos para receber a Davis contra o Canadá, mas antes precisamos aguardar a decisão de Guadalupe", explicou.

 

banner
banner