X

Murray domina Berdych e desafia Djokovic na semi em Xangai

Sexta, 16 de outubro 2015 às 10:40:48 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

O escocês Andy Murray, vice-líder do ranking da ATP, não tomou conhecimento do tcheco Tomas Berdych, sexto da ATP, e em apenas 1h19 de partida se garantiu na semifinal do Masters de Xangai, na China, onde encara o sérvio Novak Djokovic.



Leia mais:

Djokovic perde mais games que o habitual, mas está na semi em Xangai

Bicampeão em Xangai (2010 e 2011), Murray precisou de 1h19 para fechar o placar em 6/1 6/3 tendo disparado oito aces contra três do tcheco, que em um mal dia cometeu 30 erros não-forçados contra 14 do escocês, que bateu 25 bolas vencedoras contra 16 de Berdych.

A partida começou dura com os dois tenistas levando o rival a 40 iguais e com muitas disputas de pontos. Firme na devolução e com postura agressiva, Murray conquistou a quebra de saque no terceiro game, abriu 3/1 e foi dominando seus games de saque e pressionando o tcheco que não conseguiu confirmar mais seu saque na etapa.

No set seguinte, Murray conquistou a quebra no segundo game, abriu 3/0 no placar e seguiu pressionando. O tcheco salvou breakpoints no quarto e sexto games, mas seguiu tentando pressionar sem muita eficiência.

Após vencer o décimo terceiro encontro com Berdych e ficar com 7/6 no confronto direto, Murray desafia Novak Djokovic na semifinal. O líder do ranking superou o australiano Bernard Tomic por 7/6 (3) 6/1.

Murray e Djokovic se enfrentarão pela 29ª vez no circuito. O sérvio tem vantagem em 19/9 nos confrontos diretos. O último encontro entre os dois na quadra rápida da final do Masters do Canadá este ano, Murray levou a melhor. Em Xangai os dois se enfrentaram apenas uma vez, na final em 2012 vencida por Djokovic.

 

banner
banner