X

Decamps disputa o Bahia Juniors Cup e sonha terminar ano no top 50

Quarta, 07 de outubro 2015 às 19:09:40 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Após a participação na Copa Davis juvenil pelo Brasil, o Mundial da categoria 16 anos, disputado na Caja Mágica, em Madri, palco do Masters 1000 e WTA Premiere, dois dos maiores torneios profissionais do mundo, o paulista Gabriel Decamps se prepara para a disputa da 31ª edição do Bahia Juniors Cup, torneio mundial juvenil e maior da história do Nordeste que será disputado entre os dias 17 e 24 de outubro de 2015 em comemoração aos 30 anos do evento que e retorna à casa onde nasceu, o Clube Bahiano de Tênis, situado no bairro da Graça, em Salvador (BA).



Decamps, treinado por William Kyriakos, tem apenas 16 anos e é um dos destaques da jovem geração do país. Atual número 193 do mundo ele é o quinto melhor juvenil brasileiro no ranking e este ano foi campeão do pré-qualificatório em São Paulo com tenistas brasileiros e campeão do pré-quali mundial disputado em uma quadra montada em baixo da Torre Eiffel, em Paris, conquistando o direito de disputar Roland Garros, um dos quatro maiores eventos do mundo e mais charmoso do planeta.

"A Copa Davis juvenil foi uma experiência fantástica, consegui fazer ótimos jogos, vi que estou no nível muito alto contra os melhores do mundo e com certeza isso vai ajudar no futuro, quem sabe algum dia jogarei a Copa Davis no profissional e já estarei com muita experiência e isso ajudará bastante", afirmou Decamps que planeja terminar o ano entre os 100 melhores do mundo ou até entre os 50: "Não gosto muito de pensar no futuro, mas o objetivo é ficar entre os 100, 50 do mundo pra poder ano que vem jogar a chave de todos os Grand Slams e o Bahia Juniors pode ajudar bastante".

Decamps está empolgado para disputar pela primeira o torneio: "Será minha primeira vez no evento e a expectativa é boa, alta, quem sabe consiga o título, mas pra isso preciso pensar jogo a jogo, ponto a ponto pra ir avançando no torneio e quem sabe sair com o título", afirmou o tenista que curte jogar no piso rápido: "Gosto do piso duro, me identifico, sou um cara que joga agressivamente então é muito bom essa superfície pra mim".

O tradicional Clube Bahiano completa 100 anos em 2016 e receberá ao todo 209 atletas de 18 países distribuídos nas chaves do masculino e feminino no torneio mundial para até 18 anos chancelado pela Federação Internacional de Tênis, além de tenistas para os torneios do circuito Cosat (Confederação Sul-Americana) nas categorias 16 a 14 anos além da categoria 12 anos chancelada pela Confederação Brasileira de Tênis.

O torneio abrigará atletas do Brasil, Venezuela, Rússia, Estados Unidos, Bolívia, Grã-Bretanha, França, Portugal, Egito, Colômbia, Argentina, Paraguai, Uruguai, Equador, Índia, Noruega, Chile e Costa Rica.

A competição mundial, que este ano cresceu e se tornou um evento Grau 3 em pontuação (antes era Grau 5) e se tornou uma das três maiores do país junto com Londrina (PR), terá também as presenças de destaque de Felipe Meligeni Alves, sobrinho de Fernando Meligeni, ex-top 25 do mundo e semifinalista de Roland Garros em 1999. Felipe Meligeni vem se destacando recentemente ao ter conquistado seu primeiro título no circuito mundial juvenil, em Montevidéu, no Uruguai, e ter entrado no top 100 pela primeira vez e nesta semana se tornou o terceiro melhor juvenil do país na 98ª colocação.

No feminino, a paulista Thaísa Pedretti, de 16 anos, campeã do Bahia Juniors Cup em 2013 quando ainda começava na categoria 18 anos e hoje entre as 70 melhores do mundo e número 2 do Brasil, será uma das principais favoritas e buscará o bicampeonato e mais pontos na briga para entrar direto nos Grand Slams em 2016.

"Esta edição será a maior de todas do Bahia Juniors Cup, a de melhor nível técnico. São atletas de todos os cantos do mundo, com fortes nomes, alguns deles no top 100 e brasileiros de destaque como Felipe, o sobrinho do Fernando Meligeni, a Thaísa Pedretti que já foi campeã aqui e volta entre as 70 melhores do ranking e Gabriel Decamps que é outra grande promessa e disputou Roland Garros. Será uma semana recheada de bom tênis e com vários dos grandes nomes do tênis no futuro", disse Gian Biglia, diretor do torneio que acompanha de perto o término das obras de construção das oito novas quadras que serão inauguradas com a competição. A revitalização do Clube Bahiano de Tênis é fruto de uma parceria com a construtora Moura Dubeux que constrói ao lado o residencial de luxo, o Mansão Bahiano de Tênis.

O Bahia Juniors Cup conta com o patrocínio do Governo do estado da Bahia pela Sudesb e Bahiatursa, da Construtora Moura Dubeux, dos Correios eda Federação Bahiana de Tênis. O evento tem o apoio da Gatorade, AMBEV e Faculdade IBES/FACSAL e é realizado pela Confederação Brasileira de Tênis, ITF e Cosat.

O torneio terá a transmissão das principais partidas pela TV Kobertura.

banner
banner