X

Bia Maia celebra momento especial após vaga na final do Australian Open

Quarta, 26 de janeiro 2022 às 23:54:01 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Beatriz Haddad Maia celebrou a vaga inédita na final do Australian Open, a primeira do tênis feminino brasileiro desde 1968, conquistada na noite desta quarta-feira, tarde de quinta-feira em Melbourne, na Austrália.



A paulistana e a cazaque Anna Danilina superaram a dupla das japonesas Shuko Ayoama e Ena Shibahara por 2 sets a 1 com parciais de 6/4 5/7 6/4 após 2h19min na quadra principal, a Rod Laver Arena.

"É um momento muito especial", disse Bia que chegou a sacar para a vitória no segundo set: "Jogo foi muito mental, erramos algumas bolas em alguns momentos cruciais. Não foi fácil pra mim sacar pro jogo e perder o saque, eu senti. Mas como fizemos nos últimos jogos tivemos duros momentos, mas ultrapassamos eles. Estou muito feliz e temos chance de mais uma partida em fazer melhor", apontou a brasileira.

Bia e Danilina encaram a dupla das tchecas Barbora Krejcikova e Katerina Siniakova.

A tenista se lembrou de um ano atrás quando ainda estava no processo de retorno do doping e de lesão: "Um ano atrás eu estava passando um quali de 25 mil na África do Sul, salvando match point. Eu tinha muito claro onde eu estava, o que eu precisava fazer e onde eu queria chegar. Quando temos as coisas claras, elas acontecem cedo ou tarde. Não me surpreende o que está acontecendo, eu confio muito no meu tênis e acredito na minha equipe e na minha família, e isso é o suficiente para mim".

"Depois que a Podoroska teve a lesão, procurei uma parceria que tivesse um ranking parecido com ela e que desse pra entrar na lista. A Anna estava jogando um ITF na Tunísia e ela topou na hora. Aí perguntei se ela não queria vir antes, pra jogarmos Sydney também, e nós fomos as últimas a entrar lá. Eu conheço ela desde o juvenil, até perdi pra ela na final da Copa Gerdau, e eu sei que a gente se completa muito em quadra", finalizou a tenista.

banner
banner