X

Mãe diz que Djokovic não sabia que estava contaminado

Terça, 11 de janeiro 2022 às 22:39:06 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Mãe de Novak Djokovic, Dijana Djokovic deu entrevista ao canal de televisão 7 no programa Sunrise e afirmou que o filho não sabia de sua contaminação de COVID-19 no meio de dezembro.



Leia Mais:

Jornal mostra que Djokovic teria apresentado exame de COVID falso

Os advogados do sérvio na defesa mostraram documentos de contaminação no dia 16 só que nos dias 17 e 18 o sérvio foi visto em eventos com crianças e uma sessão de fotos de um jornal sem máscara.

"Ele provavelmente não sabia. Ele não sabia porque quando percebeu que tinha testado positivo foi quando ele foi se isolar, não antes porque não sabia", disse Dijana sobre o assunto. Muitas luzes e sombras sobre tudo isso, incluindo a questão de se Djokovic teria mentido em sua declaração sobre seu status de infectado ou não e quando descobriu. "Eu realmente não posso dizer mais sobre isso, talvez seja melhor se você perguntar a ele", disse a mãe de Nole.

Dijana continuou a falar sobre isso e comentou o seguinte para o programa de TV que conversou com ela: "Estou lendo os jornais, mas não estou falando com Novak sobre isso, então não posso comentar. O juiz teve sete horas para ouvir as duas versões, e aí decidiu que Novak estava livre. Para mim, é um livro que já está fechado”, sentenciou a mãe do número 1.

"Lendo a imprensa, vi que havia a possibilidade de ainda deportá-lo, o que me preocupou muito", disse Dijana. "Estamos todos rezando para que ele fique lá e possa jogar. Você não pode atirar nele, ele é um jogador de tênis, ele não é um político, ele não é um criminoso, ele não é um assassino", afirmou a mãe de Novak.

Nesta terça-feira veio à luz denúncias do jornal Der Spiegel de que Djokovic teria apresentado laudos falsos de exames de COVID-19 que teriam sido realizados dias depois da data apresentada.

banner
banner