X

Alcaraz e Carreño vencem e Espanha volta a ter 4 semifinalistas num mesmo ATP

Sexta, 09 de abril 2021 às 16:46:20 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Com a definição dos duelos de semifinal do ATP 250 de Marbella, na Espanha, o país anfitrião do torneio tornou-se a primeira nação a colocar quatro de seus tenistas numa semifinal de torneio neste nível. 



A programação em Marbella começou com a vitória dura do canhoto Albert Ramos Viñolas, 47º da ATP e quarto favorito, sobre o eslovaco Nobert Gombos, 99º, após 2h45 de partida com placar de virada em 6/7 (4) 7/5 6/4 tendo convertido cinco aces contra seis de Gombos, que venceu 73% dos pontos jogados com seu primeiro serviço contra 78% de aproveitamento do espanhol.

Buscando vaga na grande final do torneio, Ramos encara o principal favorito, Pablo Carreño Busta, 15º, que teve uma vitória relativamente tranquila diante do coreano Soonwoo Kwon, 81º, após 1h05 e placar de 6/4 6/0 tendo convertido sets aces contra quatro de Kwon, que venceu 59% dos pontos jogados com seu primeiro serviço contra 83% de aproveitamento do espanhol.

Ramos e Carreño se enfrentaram três vezes no circuito profissional, com duas vitórias de Carreño Busta.

A segunda semifinal do torneio será disputado entre Jaume Munar, 95º, que batalhou por 2h55 para superar o bielorrusso Ilya Ivashka, 115º, com placar de6/7 (5) 6/4 6/4 tendo convertido sete aces contra um de Ivashka, que venceu 67% dos pontos jogados com primeiro serviço, mesma porcentagem do espanhol.

Munar encara na semifinal, o jovem compatriota Carlos Alcaraz, 133º, que aproveitou o convite que recebeu e bateu o terceiro favorito, o norueguês Casper Ruud, 26º, em 1h18 com placar de 6/2 6/4 tendo convertido os dois aces da partida e vencido 82% dos pontos jogados com seu primeiro serviço contra 50% de aproveitamento de Ruud.

Alcaraz e Munar nunca se enfrentaram no circuito profissional.

Recorde espanhol

Esta é a segunda vez na história que um país coloca quatro semifinalistas no mesmo torneio. Antes disso, a própria Espanha tinha alcançado este feito em 2004, na disputa do extinto ATP de Valência. Naquela ocasião, Alberto Martín, Albert Montanes, Fernando Verdasco e Juan Carlos Ferrero foram semifinalistas.

Ferrero, atual treinador de Alcaraz, ficou naquela semifinal e o campeão do torneio foi Verdasco.

banner
banner