X

Djokovic mostra raça, bate Ruud e disputa a 10ª final em Roma

Domingo, 20 de setembro 2020 às 12:00:52 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Número 1 do mundo, Novak Djokovic mostrou raça neste domingo em jogo difícil contra o norueguês Casper Ruud, 34º colocado, e garantiu vaga na final no Masters 1000 de Roma, na Itália, torneio sobre o saibro com premiação de 3,8 milhões de euros.



O sérvio superou o jovem de 21 anos campeão de Buenos Aires e vice de Santiago este por 2 sets a 0 com parciais de 7/5 6/3 após 2h11min de duração na quadra Central com público de mil pessoas no Foro Itálico.

Nole jogará sua 10ª final no torneio italiano e buscará o pentacampeonato para repetir as temporadas de 2008, 2011, 2014 e 2015. Ele encara Diego Schwartzman, 15º e algoz de Rafael Nadal, ou o canadense Denis Shapovalov, 14º.

Se vencer nesta segunda-feira Às 14h na final, Djokovic vai erguer seu 36º Masters e superar Rafael Nadal como maior campeão deste tipo de evento. O natural de Belgrado só tem uma derrota no ano em 31 partidas, a desclassificação por atingir uma juíza de linha com uma bolada no US Open.

Este é a 115ª final de Djokovic e ele buscará o 81º título. 

O jogo

O primeiro set foi todo a favor de Ruud que abriu uma quebra cedo com 3/1 e teve 40 a 15 e saque em 5/4 para fechar a parcial. Djokovic lutou, virou o set fechando por 7/5 em 1h11min salvando break-points no 5/5 em game que durou onze minutos. Ele vibrou bastante com a vitória

No segundo set o sérvio começou mais firme nas devoluções, conseguiu a quebra, abriu 4/1 em games também longos e teve match-points no 5/2 e saque do nórdico, mas fechou com seu serviço eficiente por 6/3.

Ao longo de todo o jogo, Djokovic contestou as marcações do juiz de cadeira mesmo ele descendo e vendo as marcas e chegou a encarar o mesmo em algumas oportunidades.

 

banner
banner