X

Ivanisevic é vaiado pelo público e rebate: 'Não fui eu que dei positivo'

Domingo, 21 de junho 2020 às 16:13:24 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Ao anunciar ao público junto com a organização que a final entre Novak Djokovic, seu pupilo, e Andrey Rublev estava cancelada por conta do positivo do búlgaro Grigor Dimitrov para coronavírus, o croata Goran Ivanisevic foi vaiado pelo público.



Leia Mais:

Dimitrov anuncia positivo para coronavírus e volta para casa

Final de Djokovic x Rublev é cancelada e tenistas voltam para hotel para serem testados

 

O campeão de Wimbledon em 2000 rebateu: "Não sei porque vocês estão me vaiando. Não fui eu que testei positivo pata COVID-19", disse.

 

Em coletiva de imprensa, Ivanisevic e o irmão de Novak, Djordje, explicaram: "Recebemos informações de que Grigor foi testado em Mônaco e que ele era positivo para coronavírus. Tentamos respeitar todas as medidas prescritas pelos governos sérvio e croata, fizemos todo o necessário, mas, infelizmente, Grigor deu positivo. No momento, estamos organizando todos os serviços de saúde para que tantas pessoas que entraram em contato com ele possam ser identificadas e testadas. Entrei em contato com todos os voluntários e participantes do torneio e até agora ninguém tem sintomas," disse Djordje Djokovic da organização do torneio.

"Dimitrov estave na Bulgária antes disso e ainda não sabemos se ele foi infectado lá ou aqui. Estamos aguardando que as autoridades nos dêem instruções e continuaremos a agir de acordo com elas," acrescentou.

"É um grande choque e acidente, depois que tudo correu tão bem. Consultamos todas as instituições de saúde e o governo croata, seguimos suas instruções e tivemos que cancelar a partida final, por causa de todas essas pessoas maravilhosas e de quem esteve em contato com Grigor nos últimos dias", disse Goran Ivanisevic, diretor do torneio de Zadar.

"Esta é a melhor decisão possível. Precisamos garantir que todos estejam seguros. Aqueles que estiveram em contato com Grigor, tenistas e organizadores, serão testados."

O torneio e os jogadores não cumpriram nenhuma norma da OMS de distanciamento, jogaram basquete, foram a festa tanto em Zadar quanto na semana anterior em Belgrado e estiveram por vários momentos abraçados em contato. O búlgaro jogou no sábado contra Borna Coric e se retirou do torneio e anunciou seu resultado na tarde deste domingo.

 

banner
banner