X

Ferrer se emociona: ‘Jogar em Madri é o final perfeito para mim’

Quinta, 02 de maio 2019 às 17:31:04 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Aos 37 anos de idade, o espanhol David Ferrer se aproxima de sua última semana como tenista profissional, já que encerrará sua extensa e vitoriosa carreira no Masters 1000 de Madri a partir do próximo dia 6.



Em sua primeira coletiva no torneio, o veterano explicou a escolha desta como sua última atuação. “É um Masters 1000, aqui estarão os melhores jogadores do mundo. Tenho a oportunidade de me aposentar diante de muita gente que me segue há muitíssimo tempo. É na Espanha, Feliciano Lopez em seu primeiro ano como diretor do torneio e eu adoraria compartilhar tudo isso com alguém como ele”.

“Jogar em Madri é o final perfeito para minha carreira. Não quero pensar em homenagens, apenas quero desfrutar da sensação de jogar na quadra central e de tudo que acontecer durante a partida. Sei que virão em minha cabeça todos os momentos incríveis que vivi em minha carreira, mas agora só penso em jogar”, reconhece Ferrer, que já tem em mente quem seria seu último rival perfeito. “Roger Federer não seria nada mal. Nunca pude vencê-lo, tampouco posso dizer que o venceria agora. Só sei que seria espetacular”.

E o que há depois do tênis para David Ferrer? A resposta estava na ponta da língua. “Seguirei, sem dúvidas, vinculado ao tênis. Ainda não sei de que maneira. Por hora, quero passar um tempo com minha família. Meu irmão coordena uma academia, temos alguns torneios do circuito sênior também. Ainda não tenho nenhum projeto de futuro, o mais importante agora são minha esposa e meu filho”, pontuou Ferrer.ferrermiami192.jpg

banner
banner