X

Medvedev: 'Estou pronto. Sei que Nadal é um jogador forte'

Sexta, 28 de janeiro 2022 às 09:24:06 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

O russo Daniil Medvedev, vice-líder da ATP, está de volta á final do Australian Open após bater o grego Stefanos Tsitsipas e encara o espanhol Rafael Nadal, a quem pregou respeito. Medvedev ainda reconheceu que se portou mal com a arbitragem da semi.



Leia mais

Medvedev perde a cabeça e grita com árbitro ao reclamar do pai de Tsitsipas

Tsitsipas se diz perseguido pela arbitragem do tênis

Em entrevista ainda em quadra ao ex-número 1 do mundo Jim Courier, Medvedev começou falando o chilique que deu com o árbitro da partida a respeito do comportamento do pai e treinador do adversário, Apostolos Tsitsipas.

"Eu não penso que aquelas emoção não mudou o jogo, não penso sobre elas. Assim que aconteceu, eu percebi que cometi um erro. Então, optei por me concentrar no início do terceiro set, porque ele jogou bem, fez pontos incríveis e me forçou a voltar pro jogo, afinal, acho que era um jogo importante", brincou e seguiu: "Tentei o meu melhor e ainda bem que funcionou".

Questionado sobre como se recuperou fisicamente do duelo e quartas de final contra o canadense Felix Auger Aliassime, que teve 4h48 de duração, Medevdev confessou: "Quando eu saí de quadra contra o Felix, eu falei pro meu treinador: 'Como eu vou fazer para me recuperar disso?' Sentei no vestiário e praticamente não conseguia me movimentar. Tentei fazer a recuperação, no dia seguinte eu acordei e no momento que abri meus olhos pensei: 'Ah! não está tão ruim' e eu senti umas coisinhas, mas me recuperei. Honestamente, eu estava mais cansado que o habitual, por isso alguns erros aconteceram, em especial o backhand. Estou feliz que hoje não demorou quase 5h e eu posso me recuperar mais rápido para o próximo jogo".

Perguntado sobre quais experiências tirará do seu primeiro título do Grand Slam (US Open 2021) para a final deste domingo e o que espera contra Rafa, Medvedev brincou: "É.. lá vou eu jogar novamente contra um dos melhores. Novamente contra alguém lutando por seu 21º Grand Slam. Da última vez, o Rafa acompanhou só pela TV, não sei pra quem ele torceu, mas espero que Novak (Djokovic) possa assistir a essa também", brincou. "Finais de Grand Slam são especiais e é claro que lembro da final do US Open [2019] contra o Rafa, foi minha primeira, nós jogamos umas 5h ou perto disso. Desde então, jogamos algumas partidas. Estou pronto. Sei que Rafa é um jogador forte".

Na saída de quadra, à Eurosports, Medvedev falou sobre o duelo e a rivalidade com Tsitsipas: "Sim, há algo desde Miami [2018]. Todo jogo contra Stefanos é especial. Nesse caminho tivemos alguns grandes duelos. Ele é um jogador rápido, habilidoso e como eu estava um pouco cansado, não conseguia avaliar se eu estava lento ou se o forehand dele estava incrivelmente veloz, como é, eu tentei me manter por todas as bolas e no terceiro set, percebi que em dados momentos, ele pareceu cansado em um ou outro ponto também".

 

banner
banner