X

Tcheca tem visto cancelado e aceita ser deportada

Sexta, 07 de janeiro 2022 às 07:55:00 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Segundo fontes ouvidas pelo jornal The Age, de Melbourne, na Austrália, a Força Federal de Fronteiras (ABF) cancelou o visto de competição da duplista tcheca Renata Voracova, 81ª da WTA, e a mantém sob custódia no mesmo hotel que Novak Djokovic.



Leia Mais:

Parceira relata caso de Voracova

De acordo com o que apurou o jornal, Renata Voracova era uma das que havia entrado no país com o visto adaptado para a isenção médica para não-vacinados contra a COVID-19, estava sendo investigada pelos documentos que atestariam que ela teve a doença nos últimos seis meses.

Vale ressaltar que comprovar infecção por COVID-19 em até seis meses antes da entrada na Austrália é uma condição expressa na lista de exceções da comissão independente de saúde do estado da Victoria em Melbourne.

A tenista optou por não apelar à justiça e voltará para casa: "Completamos uma nota de protesto diante das autoridades australianas em nossa embaixada em Camberra para pedir explicações a eles. Mesmo assim, Voracova decidiu não participar do torneio e deixará a Austrália diante das possibilidades limitadas de treinar durante todo esse tempo", disse Aneta Kovarova, Ministra de Relações Exteriores da Rep. Tcheca.

Ainda segundo o The Age, fontes ligadas à ABF apontam que Voracova é a terceira pessoa ligada à realização do Australian Open que tem o visto cancelado. Para além da tcheca e Djokovic, o torneio não avança o nome do terceiro indivíduo.

banner
banner