X

Carreño frustra Djokovic e é BRONZE em Tóquio

Sábado, 31 de julho 2021 às 06:20:41 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

O espanhol Pablo Carreño Busta, 11º da ATP, conquistou a maior vitória de sua carreira ao superar o sérvio Novak Djokovic, número 1 do mundo, e conquistar a medalha de bronze nos Jogos Olímpicos de Tóquio, em uma campanha heroica.



Carreño, que foi derrotado na semifinal pelo russo Karen Khachanov, superou o número 2 do mundo, o russo Daniil Medvedev, nas quartas de final do torneio olímpico e com esse histórico, entrou firme em quadra decidido a frustrar o sonho olímpico de Djokovic. Assim, batalhou por 2h47 para fechar o placar em 6/4 6/7 (6) 6/3.

Carreño tornou-se o 12º espanhol a conquistar uma medalha olímpica do tênis.

O jogo

O espanhol abriu a partida aplicando a mesma tática que utilizou contra Daniil Medevdev nas quartas de final. Forçou saques abertos, buscando dificultar as devoluções e buscando as paralelas para definir. A tática arriscada o forçou a salvar dois breakpoints já no 2º game, mas mostrou-se sólida e eficaz desestabilizando o sérvio que entrou sem conseguir colocar seu primeiro serviço em quadra, foi quebrado no quinto game e precisou correr atrás.

Na segunda etapa, Djokovic conseguiu melhorar o aproveitamento do seu saque e diante de um rival muito sólido com saque, viu o jogo se equilibrar e ir para o tiebreak. Ali, Carreño Busta chegou a ter o match-point, mas o sérvio sacou bem e fechou a disputa em erro do espanhol.

Com tudo igual no placar, Carreño decidiu alongar trocas nos games do sérvio e assim, conquistou quebra no 2º game, abriu 3/0 e administrou com muita solidez.

banner
banner