X

Aliassime explica efusiva celebração contra Zverev: 'Um feito'

Segunda, 05 de julho 2021 às 19:31:48 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Felix Aliassime, 16º favorito, celebrou sua vaga inédita nas quartas de final de Wimbledon ao bater em cinco sets o alemão Alexander Zverev nesta segunda-feira . Este é seu maior resultado em um Grand Slam na carreira.



Leia Mais:

Derrota não machuca. Não joguei bem, afirma Zverev

Aliassime bate Zverev em cinco sets e alcança resultado inédito na carreira

 

"Minha celebração foi muito honesta e genuína porque foi um grande marco para minha carreira. Você quer jogar bem nos Grand Slams e mais ainda em Wimbledon, que tem o tempero de ser meu torneio favorito. Além disso, você deve considerar como v vitória aconteceu: foi um jogo com muitos altos e baixos, em que ele me quebrou nos dois primeiros sets e reverti, depois perdi os dois sets seguintes e consegui finalmente lutar para vencer em cinco sets. Teve de tudo na partida e foi mais doce e mais especial ", comentou o canadense.

O Canadá aliás terá outro tenista nas quartas, Denis Shapovalov, feito a se comemorar por Aliassime: "Pessoalmente, é ótimo porque você tem apoio e recebe mensagens de pessoas que me ajudaram a chegar aqui e isso significa muito. Sinto que estou devolvendo parte da sua ajuda. É um trabalho de equipe e o país está atrás de nós. Gosto de ter muito apoio. Com certeza foi um grande dia para o tênis canadense e espero que continue".

Seu próximo rival será o nono do mundo e que perdeu apenas um set na competição, o italiano Matteo Berrettini.

"Na outra, assistimos juntos ao jogo entre Itália e Bélgica pela Eurocopa. Nossas namoradas são primas e passam muito tempo juntas. Ele é um dos meus melhores amigos do circuito, além de ser uma ótima pessoa. Eu me dou muito bem com ele. Além disso, na bolha, às vezes jantamos juntos e acho que ambos fizemos um grande torneio até agora. Seremos capazes de diferenciar o que acontece dentro e fora da pista. São duas coisas diferentes."

Aliassime segue colocando Djokovic e Federer como os principais favoritos ao título mesmo que ele venha de bons desempenhos derrotando o suíço em Halle, na Alemanha, e com semifinal neste torneio e final em Stuttgart.

"A grama é sempre um pouco diferente do resto das superfícies, não se faz muitas partidas por ano e quem gosta e tem experiência pode ter um grande rendimento. Depois, há grandes campeões como Novak e Roger que ainda são os favoritos ao título e serão difíceis de vencer. Além disso, as ausências de Rafa (Nadal) e Dominic (Thiem) abriram um pouco a chave para que outros nomes aparecessem."

banner
banner