X

Sakkari: 'Futebol e basquete acabaram, agora tênis é o centro das atenções'

Quarta, 09 de junho 2021 às 15:02:03 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

A grega Maria Sakkari mostrou-se com os pés no chão e muito satisfeita com sua campanha histórica em Roland Garros. Algoz da atual campeã, Sakkari destaca temporada das quatro semifinalistas e a falha do congelamento de ranking.



Sakkari começou revelando que está "muito feliz com a conquista inédita" de ir à semifinal de um torneio do Grand Slam e revelou a necessidade de se preparar para a próxima partida. "Estou curtindo meu tênis nos últimos dias. Há pessoas no meu entorno me dizendo que estou diante da grande oportunidade da minha carreira", revelou.

A grega foi só elogios para a próxima adversária, a tcheca Barbora Krejcikova e relembrou o encontro entre elas esse ano, pela chave de Dubai, onde foi superada por uma rival afiada e por seu jogo errático do dia.

"As quatro jogadoras que estão nas semifinais estão tendo um ótimo ano. É um pouco lamentável o modo como o ranking está funcionando, já que ele não representa como um todo o nível que está agora no circuito. É por isso que parece que o que conseguimos até agora é uma surpresa. [Anastasia] Pavlyuchenkova jogou muito bem em Madri. Barbora [Krejcikova] fez a final no Dubai e está a fazer uma boa temporada no saibro", iniciou a tenista. "É verdade que mais surpresas acontecem na equipa feminina do que na masculina , mas é o que existe. Somos quatro boas jogadoras que lutam para conquistar um título", finalizou.

Por fim, ela falou do feito inédito para o tênis da Grécia que pela primeira vez tem dois representantes nas semis de um Grand Slam.  "Na Grécia, o tênis não é um esporte de muita visibilidade, mas agora com o que estamos fazendo possivelmente está ganhando importância. O futebol acabou. O basquete acabou. Agora o tênis é o centro das atenções. Stefanos e eu nos damos muito bem. Nos conhecemos desde que éramos muito pequenos e nos vemos aqui em Paris todos os dias. Jantamos constantemente com a equipe dele e a minha. Estou muito feliz com a maneira como as coisas estão indo aqui em Roland Garros. Estes são tempos muito emocionantes para o tênis grego", finalizou.

banner
banner
banner