X

Evans salva match-point e vira jogo quente contra Khachanov na Bélgica

Sexta, 23 de outubro 2020 às 15:50:00 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Em um jogo nervoso, o britânico Daniel Evans, 35º da ATP, salvou match-point, virou sobre o russo Karen Khachanov, 17º, e se garantiu na semifinal do ATP 250 da Antuérpia, da Bélgica, onde encara o francês Ugo Humbert.



Evans precisou de 2h42 para fechar o placar em 3/6 7/6 (7) 6/4 tendo convertido quatro aces contra sete de Khachanov, que cometeu duas duplas-faltas contra três de Evans, que venceu 86% dos pontos jogados com seu primeiro serviço contra 75% de aproveitamento do russo.

O jogo foi marcado por polêmicas entre o russo e o árbitro de cadeira da partida, o egípcio Adel Nour, que no primeiro set chamou pra si a responsabilidade de marcar uma bola do tenista fora, quando ela estava nitidamente dentro. Na segunda etapa, no tiebreak, Khachanov cometeu o erro e perdeu o match-point no 11º ponto e na sequência, ficou transtornado com o fato do árbitro não chamar pra si a marcação "fora" de uma bola de Evans, que passou a ter o setpoint.

O russo questionou o árbitro: "Todo mundo que está sentado ali viu que foi fora um tanto assim (gesto) e você não chama (a bola)!O que você está fazendo aqui?".

Khachanov acabou perdendo o segundo set, e se revoltou. Chutou a placa do patrocinador posicionada na rede, gritou com Nour e bateu com a raquete na base da cadeira do árbitro.

Sem ter a ver com a polêmica, Evans manteve a calma, virou a partida e encara o francês Ugo Humbert, que venceu o sul-africano Lloyd Harris em 6/3 7/6 (2).

banner
banner