X

Strycova tem técnico roubado por Pliskova e se irrita: 'Relação ZERO com ela'

Quinta, 19 de outubro 2017 às 08:04:08 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

A crise se instalou no tênis tcheco. A jogadora Barbora Strycova, campeã de Linz, na Áustria, no último final de semana e 25ª colocada do ranking mundial, mostrou sua ira com a compatriota Karolina Pliskova, que este ano foi número 1 do mundo.



Tudo porque Pliskova roubou seu treinador, Tomas Krupa, após dois anos de trabalho com Strycova que explicou a situação: "Meu técnico, Tomas Krupa, me disse que não trabalhará mais comigo ano que vem. Tudo aconteceu na quarta-feira depois do US Open. Karolina (Pliskova) me ligou e me pediu um encontro. Tinha acabo de terminar com seu técnico, Kotyza. Quando me encontrou disse que queria contratar Krupa, meu técnico. Perguntei se ela estava brincando. Então me disse que seu empresário e Krupa já haviam se reunido e que já haviam chegado a um acordo. Horas depois Tomas me ligou dizendo que nossa união havia terminado".

Strycova mostrou sua ira e falou que cortou relações com a compatriota: "Tomás é um grande treinador e se ele me comunica suas intenções frente a frente, sinceramente eu teria entendido. Karolina é uma das melhores, é jovem, pode chegar ao número 1 do mundo. Mas me interei disso tudo por ligações telefônicas e como tudo se deu. Sinto muito, as coisas não funcionam assim. A partir de agora minha relação com Karolina é ZERO. N~~ao tomarei nem café com ele. Não usarei a palavra amiga com ela". 

banner
banner