X

Jogue Melhor - Como aperfeiçoar seu paredão

Sexta, 29 de janeiro 2016 às 10:44:52 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Por Paulo Muñoz, professor da USTA - Vejo muitos atletas que gostam de usar o paredão como treinamento, acho isso muito positivo e com algumas dicas podemos aperfeiçoar ainda mais este excelente treino para você tenista e/ou praticante.



Inicie com uma boa distância para que tenha tempo de preparar melhor e com calma a mecânica do seu golpe vale até usar bolas estágio dois (soft) para criança como forma de aumentar o tempo de retorno da bola e lesionar menos as articulações.

Após alguns minutos já podemos trocar para a bola normal e caminhar alguns passos à frente para encurtar o tempo entre os golpes melhorando a velocidade de preparação dos golpes.

Se o seu paredão não possui marcações (desenhos na parede de quadrado, círculos ou outros pontos para fixar suas rebatidas) você poderá fazer uso de uma fita crepe. O alvo é uma forma de treinar seu controle de direção da bola.

Comece com apenas um golpe (direita ou esquerda) mude o lado do golpe quando sentir solidez nele.

Depois de praticar seus forehands e backhands (esquerda e direita), você poderá criar rebatidas em diagonal para alternar a esquerda e a direita fazendo evoluir suas mudanças de base e movimentação dos pés e bases.

Podemos alternar rebatidas mais fracas e aumentar a velocidade para gradativamente recuar a distancia da parede fazendo uma corrida de recuo muito eficiente nos jogos para um melhor ajuste do ponto de contato com a bola, depois retorne dois passos a cada rebatida para treinar o caminhar para frente ajustando a bola, podemos usar corrida lateral com o ombro apontado para o muro como forma de movimentação para frente e para trás.

Outra marcação importante é a da rede que também poderá ser feita com a fita crepe, sem a rede perdemos o parâmetro de altura ao rebater a bola.

Divida seus treinos em: melhorar a mecânica de preparação (golpes), regularidade de acertos, movimentação das pernas, controle de colocação da bola (alvos), controle de altura (rede), percepção da respiração (soltar o ar quando rebate), relaxamento entre as rebatidas, contagem de erros e acertos, enfim podemos sempre fazer mais e aproveitar a falta do estresse que o jogo traz para corrigir pequenos erros que serão grandes na hora do play valendo.

Abraços e ate a próxima Dica do Munoz

 

Mande um email para planetchampions@uol.com.br sugerindo qual a próxima dica que você gostaria de receber. Acesse o site http://www.planetofchampions.com.br e adquira os melhores equipamentos do esporte!

Sobre o PROF. PAULO MUNOZ

Professional da associação americana de treinadores de tênis. Membro da International Tennis Federation (ITF). MEMBRO DO CONSELHO REGIONAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA Nº 10184. Cursos com Luis Caye (Canadá); cursos Alberto Osetti preparador físico (Argentina); curso cbt nível I, II, III. Treinando atletas desde 1976.

banner
banner