X

Bellucci sepulta a Espanha, diz imprensa espanhola

Segunda, 15 de setembro 2014 às 13:11:05 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
A imprensa espanhola, que já não havia digerido bem a desistência de seis de seus principais tenistas para a disputa de playoffs da Copa Davis contra o Brasil, não recebeu bem o rebaixamento do país à segunda divisão da competição. Os especialistas protegeram o capitão Carlos Moyá.

"Espanha desce ao inferno" é a manchete do portal do jornal Marca . Assim o jornal definiu seu número um: "Roberto Bautista ganhou posições nos últimos anos, passando de um soldado raso a coronel que define a direção de um Armada à deriva no Brasil".

"Sem direção" é assim que a imprensa define o time espanhol isentando o estreante capitão Carlos Moyá, que ganhou duas Copas Davis (2000 e 2004) como jogador. A imprensa local ainda exaltou o número um do Brasil, Thomaz Belucci.

O site do jornal AS pegou mais leve, com a manchete: "Espanha vai à segundona" e poupou o desfalcado time que veio ao Brasil e divulgou uma a uma as renúncias dos principais jogadores do país.

Em sua versão imprensa, o jornal diz: "Um desastre que foi cozido entre renúncias e lesões. Um país com um único top 100 acaba com o outro com 12".

O El País, jornal de língua hispânica mais lido do mundo, destacou "Espanha Naufraga". Já o tradicional El Mundo exalta o número um do Brasil em seu texto e traz a manchete: "Bellucci sepulta a Espanha"

As capas dos principais jornais esportivos espanhóis ignoraram a Copa Davis e apenas o Marca trouxe um box de roda pé: "À Segunda Divisão! A Espanha das renúncias perde a eliminatória no Brasil".

Além do campeonato Espanhol de futebol, a conquista do ciclista Alberto Contador que venceu mais uma vez a Volta da Espanha e o mundial de basquete foram os destaques dos jornais. Vale ressaltar que estes esportes são mais populares que o tênis no país.

banner
banner