X

Melo e Kubot vão à semi em Viena

Quinta, 24 de outubro 2019 às 20:09:47 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Dupla cabeça de chave número 1 dominou o jogo desta quinta-feira (24) diante de Bopanna e Shapovalov, vencendo o primeiro set por 6/0 e não dando chances de reação aos adversários. Agora enfrentará no sábado (26) os franceses Herbert e Mahut em busca de um lugar na final



Marcelo Melo e Lukasz Kubot precisaram de apenas 53 minutos nesta quinta-feira (24) para avançar à semifinal do ATP 500 de Viena. Jogando muito bem, com domínio da partida, sem dar chance de reação aos adversários, os cabeças de chave número 1 na Áustria derrotaram o indiano Rohan Bopanna e o canadense Denis Shapovalov por 2 sets a 0, parciais de 6/0 e 6/4. Foi a segunda vitória diante de Bopanna e Shapovalov neste mês de outubro – tinham ganho na segunda rodada do Masters 1000 de Xangai.

Agora, no sábado (26), em horário a ser definido, Melo e Kubot enfrentam os franceses Pierre-Hugues Herbert e Nicolas Mahut em busca de um lugar na decisão do torneio, em que foram campeões nas edições de 2015 e 2016. Herbert e Mahut - cabeças 3 - venceram os argentinos Andres Molteni e Diego Schwartzman por 2 a 0 (6/3 e 6/2) para chegar à semifinal.

“Hoje fizemos um jogo excepcional, redondo mesmo, jogamos muito bem do começo ao fim, tanto que abrimos 6/0 e 1/0. Eles conseguiram uma quebra, tentando voltar para o jogo. Mas, mantivemos a tranquilidade, quebramos mais uma vez e fechamos em dois sets. Realmente foi muito bom. Agora jogamos a semifinal sábado contra os franceses, que também vêm muito bem”, analisou Marcelo, patrocinado por Centauro, BMG, Itambé e Taroii, com apoio da Volvo, Orfeu Cafés Especiais, VOSS e Confederação Brasileira de Tênis.

Melo e Kubot fizeram um primeiro set perfeito para marcar 6/0 em 20 minutos, quebrando logo no game inicial e dominando totalmente. No mesmo ritmo, começaram o segundo set com um break. Desta vez, Bopanna e Shapovalov devolveram, deixando tudo igual em 1/1. Mas, foi só. Sem dar chance de uma reação dos adversários, os cabeças de chave número 1 foram em busca de nova quebra, conseguiram no sétimo game, 4/3, e administraram a vantagem para vencer por 6/4 e dar mais um passo no torneio.

Já classificados para o ATP Finals, que encerra a temporada, entre os dias 10 e 17 de novembro, em Londres, na Inglaterra, com a presença das oito melhores parcerias de 2019, Melo e Kubot ainda disputam o Masters 1000 de Paris, logo após Viena, a partir de segunda-feira (28). Na Corrida para Londres, somam até agora 4.345 pontos, em segundo lugar. No ranking mundial individual de duplas, Melo é o sétimo colocado, com 4.770 pontos. Kubot está em sexto, com 4.950.

Marcelo jogará o Finals pela sétima vez seguida (desde 2013), recordista entre os brasileiros - a terceira ao lado de Kubot (2017, 2018 e 2019). Foi duas vezes vice-campeão, com Kubot em 2017 e com o croata Ivan Dodig em 2014. O polonês estará em sua sexta participação (2009, 2010, 2014, 2017, 2018 e 2019).

banner
banner