X

Da queda precoce em Indian Wells ao Nº1, Djokovic reflete sobre aprendizados

Sexta, 08 de março 2019 às 11:25:00 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

O número 1 do mundo, o sérvio Novak Djokovic, está de volta à Indian Wells um ano após uma campanha com queda logo na estreia. O sérvio comentou o que passou nos últimos 12 meses e refletiu muito sobre todo o aprendizado que teve em entrevista à ATP.



“Eu, definitivamente, não estava apto a competir neste nível ano passado. Eu estava convencido que podia, mas eu não podia. Sei que a maior parte do meu time estava contra mim e a ideia de jogar em Indian Wells e Miami, porque estava muito próximo do pós operatório", comentou.

O sérvio ainda refletiu sobre o caminho que tomou em 2018, que o colocou campeão de mais dois títulos do Grand Slam (Wimbledon e US Open), além de fechar o chamado 'Golden Masters' ao tonar-se o primeiro jogador da história a vencer todos os torneios do circuito Masters 1000.

“Foi uma aventura os últimos 12  meses. Não me arrependo [de jogar Indian Wells e Miami]. Penso, desta perspectiva, que eu deveria ter tomado outra decisão, mas acredito que isto me ensinou valorosas lições e me ajudou a criar estes resultados incríveis nos últimos sete, oito meses e me tirou de 22 para o número 1 do mundo em seis meses", avaliou.

“Passei por momentos de dúvidas em que questionei tudo e experimentei uma cirurgia pela primeira vez na minha vida, foi algo que nunca tinha vivido antes. Não sabia o que esperar, apenas tive que me familiarizar com novas sensações mental, física e emocionais e foi uma grande curva de aprendizado pra mim", completou.

banner
banner