X

Retrospectiva 2017 - Março - Federer penta em I. Wells e críticas a Sharapova

Quarta, 20 de dezembro 2017 às 08:15:00 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

O mês de março de 2017 foi marcado pelas grandes histórias vividas nas quadras de Indian Wells e Miami, como o encaixe da dupla do mineiro Marcelo Melo. Entretanto o mês foi tomado de críticas públicas a Maria Sharapova e à WTA.



O mês começou em meio às competições finais de fevereiro. Em São Paulo, o último torneio no saibro sul-americano, o Brasil Open, e novos personagens com um campeão conhecido. 

O saibro do clube Pinheiros presenciou as primeiras duas vitórias consecutivas no ano de Fabio Fognini, que declarou que o 'Brasil sempre lhe traz sorte'. Outro personagem do torneio foi o português João Sousa, que angariou para si a torcida local. Durante a campanha, que foi à semifinal onde perdeu um match-point para Albert Ramos, Sousa contou com exclusividade ao Tênis News as 'alegrias e sacrifícios' de ser tenista. Pablo Cuevas, que contava com apoio e força da torcida local, faturou o tricampeonato após derrotar Pablo Carreño Busta, que nos revelou também com exclusividade o segredo de seu salto no circuito profissional, na semifinal e Ramos na final realizada em dois dias em virtude da chuva. Nas duplas o titulo  ficou com André Sá e Rogerio Dutra Silva.

Em meio a especulações sobre a extinção do torneio paulistano no calendário 2019, procurada pelo Tênis News, a ATP apenas confirmou uma revisão geral do calendário.

A nota triste do mês ficou por conta do assassinato de um boleirinho do Rio Open, após um bloco de Carnaval.

Em paralelo, em Dubai, nos Emirados Árabes, Roger Federer perdeu três match-points e foi eliminado pelo então 116º do mundo. Andy Murray ficou com o título do torneio.

Já em Acapulco, Novak Djokovic teve boa vitória sobre Juan Martín Del Potro, mas caiu para o australiano Nick Kyrgios. Na grande final do torneio mexicano, Rafael Nadal foi surpreendido por Sam Querrey.

Após a derrota em Acapulco Djokovic deu a coletiva de imprensa mais curta da história com 30 segundos de duração. Dias depois disse que o tênis não era mais sua prioridade.

A polêmica do mês esteve em comentários sobre os convites dados por torneios à russa Maria Sharapova. Kyrgios disse ser contra 'apoiar trapaceiros'. Jo-Wilfried Tsonga e Murray se posicionaram contra a possibilidade de convite para Roland Garros. Kerber considerou estranho. Federer ressaltou que ela já havia pago por seu erro. Enquanto o empresário da russa revelou ter sido procurado por todos os torneios. Polêmica fez CEO da WTA pensar em revisar regras dos convites no circuito feminino. Barbora Strycova, que também já havia sido punida por doping, criticou a russaSharapova responde às críticas.

Em Indian Wells, Murray foi surpreendido na primeira rodada por qualifier Vasek Pospisil. Marin Cilic foi surpreendido pela promessa Taylor Fritz. Djokovic caiu pela segunda vez no ano para Kyrgios. No segundo FeDal do no, melhor para o suíço. A ferramenta crucial para bater Rafa foi um conselho de seu pai. Na chave feminina do torneio, Elena Vesnina venceu a final russa contra Svetlana Kuznetsova e conquistou o maior título da carreira. No Masculino, Federer venceu a final suíça contra Stan Wawrinka e alcançou o penta do torneio na Califórnia e seu 90º troféu profissional. Nas duplas, a primeira campanha com bons resultados da parceria de Marcelo Melo e Lukasz Kubot, que ficaram com o vice.

Das coisas mais divertidas do ano estão Tommy Haas, Federer e Grigor Dimitrov cantando um clássico da banda Chicago. Federer também fez um ensaio exclusivo para a revista GQ com o troféu do Australian Open. Del Potro deu aquela tietada em Guga Kuerten.

Vera Zvonareva tentou retornar ao circuito após dois anos. Já Tsonga foi papai.

A estreia de Haas como diretor de Indian Wells agradou as meninas. Já em Miami, o alemão fez a selfie do ano com uma iguana, que invadiu sua quadra durante um jogo.

Com o inicio do de Miami, Bia Maia enfrentou Venus Williams. Em vitória sobre Zverev, Kyrgios faz gesto generoso ao sugerir que rival desafiasse marcação. Reveja. O torneio seguiu e foi finalizado em abril.

 

banner
banner